fbpx

BNCC no Ensino Fundamental I: Habilidades de Ciências Humanas – Geografia

A BNCC no Ensino Fundamental I na área de Ciências Humanas corresponde às disciplinas de Geografia e História. São duas matérias que exploram contextos de tempo e espaço, questões estas imprescindíveis na formação cidadã de um aluno que necessita ter de desenvolver um raciocínio espaço-temporal. 

Além de tratar desses assuntos básico, as matérias de Geografia e História devem contemplar questões sobre as ações humanas nesses ambientes espaços e ainda trazer informações relacionadas às relações sociais e de poder.

Tratar questões como essas permite com que os alunos tenham maior conscientização e responsabilidade ao mundo em que vivem. Porque elementos como os direitos humanos, o respeito ao ambiente, o fortalecimento de valores sociais e a preocupação com as desigualdades sociais são diretamente trabalhados e inseridos na vida do estudante.

Neste artigo, nós discorremos acerca das habilidades da disciplina de Geografia.

BNCC - Ensino Fundamental
BNCC – Ensino Fundamental

BNCC e a Geografia

Para a BNCC, a Geografia do Ensino Fundamental I é uma oportunidade para o aluno aprender sobre o mundo em que vive e ao mesmo tempo ensinar conceitos de identidade de diversas maneiras. Nas relações humanas, nos lugares, nos costumes, entre outros.

Para tanto, a BNCC diz que a exploração dessas informações deve estar totalmente ligada nos princípios do raciocínio geográfico. Sendo eles:

  • analogia,
  • conexão,
  • diferenciação,
  • distribuição,
  • extensão,
  • localização
  • e ordem.

Esses raciocínios são bem distribuídos e explorados nas Unidades Temáticas estabelecidas para a área de Geografia. Estas que contemplam finalidades diferentes conforme há a progressão escolar do estudante.

Unidades Temáticas para Geografia

A BNCC desenvolveu 5 unidades temáticas para o ensino da disciplina de Geografia. 

O sujeito e seu lugar no mundo

Na unidade temática O sujeito e seu lugar no mundo o conteúdo volta-se ao ensinamento de noções de pertencimento e identidade. Portanto experiências em questões de espaço e tempo são fundamentais para esse aprendizado.

Globo Terrestre

Porque com experiências que explorem o espaço que a criança está inserida fará com que elas entendam sua participação na sociedade e a importância das relações sociais, e de respeitar cada diferença encontrada nesses ambientes e espaços.

Conexões e escalas

Nessa temática é importante explorar assuntos que façam as crianças terem noção sobre as interações multiescalares presentes em sua família, nos grupos e outros espaços de convivências.

Também ensinar o que ocorre entre os elementos os quais possuem um conjunto na superfície terrestre e que explicam um lugar na sua totalidade.

Superfície terrestre

Portanto a unidade Conexões e Escalas trata sobre a localização e a distribuição de diversos fenômenos e objetos.

Mundo do Trabalho

Na unidade estabelecida como Mundo do Trabalho são exploradas os processos, técnicas e diferentes materiais utilizados ao longo do tempo pela sociedade. Assim como também são explicados a contribuição de cada atividade e seu papel no setor econômico.

Formas de representação e pensamento espacial

Já na unidade temática Formas de representação e pensamento espacial, o aluno retém ensinamentos sobre mapas e outras maneiras de representação gráfica que envolvem o ensino geográfico. Podendo ser eles, fotografias, esquemas,  desenhos, imagens de satélites e outros.

Mapa cartográfico

Natureza, ambientes e qualidade de vida

Na unidade temática Natureza, ambientes e qualidade de vida, o aluno deve estar diante de situações e circunstâncias da vida cotidiana. Deve ser capaz de discutir sobre isso e propor resoluções para a melhoria.

Por isso, nesta unidade, os estudantes precisam ser desafiados a identificar e comparar quais são as realidades de diversos locais de vivência, bem como as semelhanças e diferenças socioespaciais que ocorrem em cada uma delas.

Podem, por exemplo, identificar a ausência ou presença de serviços básicos fundamentais como transporte público e educação.

Habilidades geográficas para cada série do Ensino Fundamental I

A seguir mostraremos quais são as habilidades da disciplina de Geografia para cada série do Ensino Fundamental I.

 1º ano

Descrever características observadas de seus lugares de vivência (moradia, escola etc.) e identificar semelhanças e diferenças entre esses lugares. 

Identificar semelhanças e diferenças entre jogos e brincadeiras de diferentes épocas e lugares.

Identificar e relatar semelhanças e diferenças de usos do espaço público (praças, parques) para o lazer e diferentes manifestações. 

Discutir e elaborar, coletivamente, regras de convívio em diferentes espaços (sala de aula, escola etc.).

Observar e descrever ritmos naturais (dia e noite, variação de temperatura e umidade etc.) em diferentes escalas espaciais e temporais, comparando a sua realidade com outras. 

Descrever e comparar diferentes tipos de moradia ou objetos de uso cotidiano (brinquedos, roupas, mobiliários), considerando técnicas e materiais utilizados em sua produção. 

Descrever atividades de trabalho relacionadas com o dia a dia da sua comunidade. 

Criar mapas mentais e desenhos com base em itinerários, contos literários, histórias inventadas e brincadeiras. 

Elaborar e utilizar mapas simples para localizar elementos do local de vivência, considerando referenciais espaciais (frente e atrás, esquerda e direita, em cima e embaixo, dentro e fora) e tendo o corpo como referência. 

Descrever características de seus lugares de vivência relacionadas aos ritmos da natureza (chuva, vento, calor etc.). 

Associar mudanças de vestuário e hábitos alimentares em sua comunidade ao longo do ano, decorrentes da variação de temperatura e umidade no ambiente.

2º ano

Descrever a história das migrações no bairro ou comunidade em que vive.

Comparar costumes e tradições de diferentes populações inseridas no bairro ou comunidade em que vive, reconhecendo a importância do respeito às diferenças. 

Comparar diferentes meios de transporte e de comunicação, indicando o seu papel na conexão entre lugares, e discutir os riscos para a vida e para o ambiente e seu uso responsável. 

Reconhecer semelhanças e diferenças nos hábitos, nas relações com a natureza e no modo de viver de pessoas em diferentes lugares. 

Analisar mudanças e permanências, comparando imagens de um mesmo lugar em diferentes tempos. 

Relacionar o dia e a noite a diferentes tipos de atividades sociais (horário escolar, comercial, sono etc.).

Descrever as atividades extrativas (minerais, agropecuárias e industriais) de diferentes lugares, identificando os impactos ambientais. 

Identificar e elaborar diferentes formas de representação (desenhos, mapas mentais, maquetes) para representar componentes da paisagem dos lugares de vivência. 

Identificar objetos e lugares de vivência (escola e moradia) em imagens aéreas e mapas (visão vertical) e fotografias (visão oblíqua).

Aplicar princípios de localização e posição de objetos (referenciais espaciais, como frente e atrás, esquerda e direita, em cima e embaixo, dentro e fora) por meio de representações espaciais da sala de aula e da escola. 

Reconhecer a importância do solo e da água para a vida, identificando seus diferentes usos (plantação e extração de materiais, entre outras possibilidades) e os impactos desses usos no cotidiano da cidade e do campo.

3º ano

Identificar e comparar aspectos culturais dos grupos sociais de seus lugares de vivência, seja na cidade, seja no campo. 

Identificar, em seus lugares de vivência, marcas de contribuição cultural e econômica de grupos de diferentes origens. 

Reconhecer os diferentes modos de vida de povos e comunidades tradicionais em distintos lugares. 

Explicar como os processos naturais e históricos atuam na produção e na mudança das paisagens naturais e antrópicas nos seus lugares de vivência, comparando-os a outros lugares. 

Identificar alimentos, minerais e outros produtos cultivados e extraídos da natureza, comparando as atividades de trabalho em diferentes lugares. 

Identificar e interpretar imagens bidimensionais e tridimensionais em diferentes tipos de representação cartográfica. 

Reconhecer e elaborar legendas com símbolos de diversos tipos de representações em diferentes escalas cartográficas. 

Relacionar a produção de lixo doméstico ou da escola aos problemas causados pelo consumo excessivo e construir propostas para o consumo consciente, considerando a ampliação de hábitos de redução, reúso e reciclagem/descarte de materiais consumidos em casa, na escola e/ou no entorno. 

Investigar os usos dos recursos naturais, com destaque para os usos da água em atividades cotidianas (alimentação, higiene, cultivo de plantas etc.), e discutir os problemas ambientais provocados por esses usos. 

Identificar os cuidados necessários para utilização da água na agricultura e na geração de energia de modo a garantir a manutenção do provimento de água potável.

Comparar impactos das atividades econômicas urbanas e rurais sobre o ambiente físico natural, assim como os riscos provenientes do uso de ferramentas e máquinas.

 4º ano

Selecionar, em seus lugares de vivência e em suas histórias familiares e/ou da comunidade, elementos de distintas culturas (indígenas, afro-brasileiras, de outras regiões do país, latino-americanas, europeias, asiáticas etc.), valorizando o que é próprio em cada uma delas e sua contribuição para a formação da cultura local, regional e brasileira. 

Descrever processos migratórios e suas contribuições para a formação da sociedade brasileira. Instâncias do poder público e canais de participação social

Distinguir funções e papéis dos órgãos do poder público municipal e canais de participação social na gestão do Município, incluindo a Câmara de Vereadores e Conselhos Municipais. 

Reconhecer especificidades e analisar a interdependência do campo e da cidade, considerando fluxos econômicos, de informações, de ideias e de pessoas. 

Distinguir unidades político-administrativas oficiais nacionais (Distrito, Município, Unidade da Federação e grande região), suas fronteiras e sua hierarquia, localizando seus lugares de vivência. 

Identificar e descrever territórios étnico-culturais existentes no Brasil, tais como terras indígenas e de comunidades remanescentes de quilombos, reconhecendo a legitimidade da demarcação desses territórios. 

Comparar as características do trabalho no campo e na cidade. 

Descrever e discutir o processo de produção (transformação de matérias primas), circulação e consumo de diferentes produtos. 

Utilizar as direções cardeais na localização de componentes físicos e humanos nas paisagens rurais e urbanas. 

Comparar tipos variados de mapas, identificando suas características, elaboradores, finalidades, diferenças e semelhanças. 

Identificar as características das paisagens naturais e antrópicas (relevo, cobertura vegetal, rios etc.) no ambiente em que vive, bem como a ação humana na conservação ou degradação dessas áreas. 

5º ano

Descrever e analisar dinâmicas populacionais na Unidade da Federação em que vive, estabelecendo relações entre migrações e condições de infraestrutura. 

Identificar diferenças étnico-raciais e étnico-culturais e desigualdades sociais entre grupos em diferentes territórios. 

Identificar as formas e funções das cidades e analisar as mudanças sociais, econômicas e ambientais provocadas pelo seu crescimento. 

Reconhecer as características da cidade e analisar as interações entre a cidade e o campo e entre cidades na rede urbana. 

Identificar e comparar as mudanças dos tipos de trabalho e desenvolvimento tecnológico na agropecuária, na indústria, no comércio e nos serviços. 

Identificar e comparar transformações dos meios de transporte e de comunicação. 

Identificar os diferentes tipos de energia utilizados na produção industrial, agrícola e extrativa e no cotidiano das populações. 

Analisar transformações de paisagens nas cidades, comparando sequência de fotografias, fotografias aéreas e imagens de satélite de épocas diferentes. 

Estabelecer conexões e hierarquias entre diferentes cidades, utilizando mapas temáticos e representações gráficas. 

Reconhecer e comparar atributos da qualidade ambiental e algumas formas de poluição dos cursos de água e dos oceanos (esgotos, efluentes industriais, marés negras etc.). 

Identificar e descrever problemas ambientais que ocorrem no entorno da escola e da residência (lixões, indústrias poluentes, destruição do patrimônio histórico etc.), propondo soluções (inclusive tecnológicas) para esses problemas. 

Identificar órgãos do poder público e canais de participação social responsáveis por buscar soluções para a melhoria da qualidade de vida (em áreas como meio ambiente, mobilidade, moradia e direito à cidade) e discutir as propostas implementadas por esses órgãos que afetam a comunidade em que vive.

Neste post contamos a você como a matéria de Geografia deve ser explorada a fim de que contemple todas as habilidades requeridas pela BNCC do Ensino Fundamental I. 

Você leu que essa disciplina, por estar na mesma área de ensino (ciências humanas), vai bastante de encontro com a matéria de história, portanto possui questões que lembram a matéria, possibilitando, assim, até um aprendizado em conjunto com ela, havendo então um trabalho multidisciplinar. 

2 comentários em “BNCC no Ensino Fundamental I: Habilidades de Ciências Humanas – Geografia”

    • Veja estes links:
      https://pedagogiaaopedaletra.com/bncc-ensino-fundamental-i-linguagem/ e https://pedagogiaaopedaletra.com/bncc-ensino-fundamental-i-matematica/

      Responder

Deixe um comentário

Deseja receber nosso conteúdo direto no seu email?