Lidar com alunos autistas, é possível melhorar seu aprendizado?

Leia livros sobre este assunto

PUBLICIDADE

Lidar com alunos autistas para educadores iniciantes, pode ser uma tarefa árdua. Mas, com métodos simples e práticos o aprendizado desses alunos pode ser simples.

Como lidar com alunos autistas?

Para as crianças autistas, o educador deve aplicar o Treino de Tentativas Discretas, que devem ser planejados para atender às necessidades de cada aluno.

Para que o processo de aprendizagem seja eficaz, a intervenção precisa ser precoce. E precisa começar logo nos primeiros anos escolares.

Crianças comuns tendem a imitar adultos próximos a elas. E isso não acontece com as crianças autistas, para aprender elas precisam de estratégias e planejamentos próprios.

As crianças diagnosticadas com autismo, possuem aspectos sensoriais endurecidos, falta de reciprocidade social, e inflexibilidade. E devido a isso, é que é necessário criar um plano exclusivo para elas.

Graças a intervenções e estímulos adequados, cerca de 30% de pessoas com autismo já conseguiram desenvolver uma linguagem verbal.

O que é o Treino de Tentativas Discretas?

O ensino de Treino de Tentativas Discretas nada mais é do que, o terapeuta deixar um ambiente devidamente preparado, com o ensino já controlado.

Este ambiente deve ter o menor número de estímulos possíveis e assim ajudar o aluno autista a aprender mais.

O terapeuta deve ter clareza e habilidade para ensinar, com critério de resposta já estabelecido por ele.

Tablet e televisores podem facilitar a aprendizagem, porque são visuais e podem ajuda-los a controlar sua ansiedade.

Como aplicar o ensino naturalístico?

Este tipo de ensino possui muitos nomes e propostas. Tem por base os princípios de ABA, onde o terapeuta irá aproveitar os movimentos que a criança realiza para poder ensinar.

Com isso, a medida que o educador consegue utilizar brinquedos de modo natural, a criança vai apresentando melhoras na comunicação verbal, socialização e adquire uma linguagem excelente.

Quebra-cabeças e outros tipos de jogos de montagem são ótimos para esse modo de ensinar, pois concede autonomia a criança com autismo.

Como evitar acidentes com crianças autistas?

Por ter necessidades especiais, as crianças autistas precisam de cuidados redobrados. Seja em casa ou na escola, os cuidados devem ser os mesmos. Veja algumas dicas importantes a seguir:

1 – Perigo do ambiente

Crianças e adolescentes autistas devem evitar lugares escuros. Devido ao fato de não ter muita orientação de espaço, lugares escuros podem causar confusão para elas.

2 – Dificuldade de direção

Por não ter noção de esquerda ou direita, perto e longe as crianças autistas podem acabar se confundindo. E por causa  disso elas podem acabar se  perdendo.

3 – Falta de percepção social

Criança autista não consegue detectar quando alguém é parente ou estranho, e algumas podem até sofrer acidente por isso. Elas devem ter um forte treino de habilidade social para ter mais percepção.

Quer saber mais sobre crianças autistas?

Pesquise em nosso site para mais informações sobre como lidar com alunos autistas. Embora seja difícil para alguns educadores e pais inexperientes, com os métodos certos as dificuldades com o tempo tende a diminuir.

Procure melhorar as habilidades das crianças com autismo, para que elas com o passar do tempo possam ter mais autonomia.



Você tem interesse em atividades de língua portuguesa, tudo pronto para você baixar e adaptar?


EU QUERO!

Talvez você se interesse:

Atividades Matemática Atividades Língua Portuguesa Planos de Aula e Projetos Projetos de Educação Ambiental

Comentários

Carregando comentários...