fbpx

CONHEÇA O BOLSA-FORMAÇÃO E O SISTEMA S

Uma das iniciativas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) é a Bolsa-Formação, modalidade que oferecerá cursos técnicos e de qualificação a alunos dos 2º e 3º anos do ensino médio da rede pública brasileira e a trabalhadores. Além de ampliar as opções da educação profissional e tecnológica no País, o programa busca elevar a escolaridade de estudantes que se preparam para a entrada no mercado de trabalho.

Os cursos da Bolsa-Formação serão oferecidos por organizações do Sistema S  e redes públicas, com duração mínima de 800 horas no caso dos Cursos Técnicos, e 160 horas no caso dos cursos de qualificação.

Após a seleção dos beneficiários pelos estados que aderirem ao programa, o Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec) será utilizado para acompanhar a frequência dos alunos da Bolsa-Formação ao longo do ensino médio e do curso técnico de qualificação.

A criação do Pronatec intensifica a expansão de escolas técnicas em todo o País. A rede federal, que possui 405 unidades em funcionamento, deve inaugurar mais 88 unidades até 2012, e mais 120 unidades até 2014.

Fonte:

Ministério da Educação

SISTEMA S

O chamado Sistema S cumpre um papel fundamental na oferta de cursos profissionais em todo o Brasil. Criadas a partir dos anos 1940, as entidades que compõem o sistema se dedicam à formação profissional em suas respectivas áreas de atuação (indústria, comércio, agropecuária, entre outras). A primeira a surgir foi o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), em 1942, seguida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), quatro anos depois.

José Paulo Lacerda/SenaiSenai foi o primeiro curso profissionalizante a surgir no Brasil, em 1942Ampliar
  • Senai foi o primeiro curso profissionalizante a surgir no Brasil, em 1942

Embora sejam privadas e administradas por entidades patronais, as instituições são mantidas por contribuições estipuladas pela Constituição Federal de 1988. Uma parcela da folha de pagamento das empresas é destinada às entidades patronais da categoria a qual pertencem. Estas, por sua vez, são obrigadas por lei a destinar os recursos ao aperfeiçoamento profissional (por meio dos serviços de aprendizagem) e ao bem estar social dos trabalhadores (por meio dos chamados Serviços Sociais).

O Sistema S é formado atualmente pelas seguintes entidades:

Senac – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial
Criado em 1946, é responsável pela oferta de cursos para profissionais do setor do comércio e de serviços. Além do ensino médio, oferece formação superior em cinco estados e no Distrito Federal. Sua gestão cabe à Confederação Nacional do Comércio (CNC). No final de 2010, o Senac tinha 1,15 milhão de alunos matriculados em todas as unidades da federação.

Sesc – Serviço Social do Comércio
Também criado em 1946 e gerido pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), o Sesc atua nas áreas de educação, saúde, cultura e lazer. Sua estrutura física é constituída de Centros de Atividades, que congregam diferentes tipos de serviços (como teatro, restaurante, quadras esportivas e atendimento odontológico no mesmo espaço) e de Unidades Especializadas, como colônias de férias, hospedarias, teatros, cinemas, balneários, escolas e áreas de proteção ambiental (como a Estância Ecológica do Pantanal).

Senai – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
Criado em 1942 e administrado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Senai é formado por 838 unidades de ensino dos níveis básico, médio e superior, das quais 454 são fixas. As 384 unidades móveis da entidade levam a possibilidade de formação profissional a locais distantes dos grandes centros produtores do País. O Senai oferece cursos em 28 diferentes áreas ligadas à indústria, que já qualificaram cerca de 50 milhões de cidadãos em quase 70 anos de atuação.

Sesi – Serviço Social da Indústria
Inaugurado em 1942 e gerido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Sesi atua na promoção da saúde e do bem-estar dos trabalhadores da indústria. Está presente em mais de 2 mil cidades brasileiras com centros de atividades, colônias de férias e clubes do trabalhador. A entidade ainda oferece programas como a Ação Global (um conjunto de atividades de cunho social) e o Cozinha Brasil (que estimula o consumo de alimentos saudáveis).

Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural
Instituído em 1991, é administrado pela Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Além da formação profissional, o Senar procura promover a inserção social das populações do campo. Em 2010, os cursos oferecidos pela entidade em todo o Brasil atraíram 688 mil pessoas.

Senat – Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte
Nascido em 1993, é gerido pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e tem como objetivo principal oferecer qualificação profissional para os trabalhadores do setor. Além dos cursos profissionais no formato tradicional, oferecidos em suas unidades de todo o Brasil, o Senat possui um programa de ensino à distância.

Sest – Serviço Social do Transporte 
Foi criado em 1993 e também é gerido pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Suas unidades físicas são compartilhadas com o Senat e oferecem equipamentos de lazer, esporte e saúde para os trabalhadores do setor e seus familiares.

Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas
Criado em 1972, o Sebrae é uma entidade autônoma que visa estimular o empreendedorismo no Brasil. Oferece orientação para empresários de pequeno porte e estimula a geração de renda em comunidades carentes por meio de programas de incentivo à produção local.

Sescoop – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo
Instituído em 1998, o Sescoop tem como objetivos formar mão de obra e promover a prática do cooperativismo no Brasil. Nos seus dez primeiros anos de atuação, a entidade formou cerca de 1 milhão de trabalhadores.

Fontes:
Senac

Sesc

Senai

Sesi

Senar

Senat

Sest

Sebrae

Sescoop

Constituição da República Federativa do Brasil

Consulte o link http://sistec.mec.gov.br/consultaacordo

Deixe um comentário

Deseja receber nosso conteúdo direto no seu email?