Artigo: Desafios e avanços da Educação Infantil

Leia livros sobre este assunto

PUBLICIDADE

Desafios e avanços da Educação Infantil

 

Muitos desafios foram encontrados durante o processo de se garantir os direitos das crianças, que antes eram tratadas como qualquer coisa, e agora se tornam essencial na vida social. Porem mesmo após a legislação a qual garantia o direto das crianças e sua infância reconhecida existe ainda muitos desafios a serem superados para avançarmos e alcançarmos o ideal de educação para nosso “pequeninos”.

As dificuldades em relação à educação infantil, vão desde o conflito educar x brincar ate as condições sócias em que vivem nossas crianças.

A escola tem como deve educar a criança, garantindo lhe o acesso gratuito e permanência na escola. As instituições antes assistencialistas agora se configuram de uma forma diferente visam não só o cuidar das crianças enquanto as mães trabalham como também desenvolver nelas, mesmo que ainda pequenos o interesse ao estudar. Através do currículo especifico da educação as crianças aprendem a contar, saber as cores, interagir com os colegas e saber conviver na escola, pois afinal conviverá por muito tempo.

O atendimento as crianças, um direito imposto por lei, ainda atravessa desafios, afinal apesar da expansão do atendimento na entrada das crianças na educação infantil muitos deixam a desejar, principalmente por que as crianças de famílias de baixa renda estão tendo menor oportunidade que as de nível socioeconômico mais elevado. Porem com a ajuda que o governo oferece através de seus programas públicos o quadro de crianças atuais nas escolas e diferentes dos 10 anos atrás.

As condições socioeconômicas das famílias no atual Brasil influenciam muitas áreas da vida social, inclusive a educação que e de extrema importância, apesar da educação infantil não ser obrigatória, e muito importante e interessante a criança desde cedo ser inserida no meio escolar. Ate como forma de segurança da vaga do filho para posteriores serie do ensino fundamental. Há uma desigualdade enorme social e regional em relação a entrada e permanência da criança e adolescente no ensino publico, se aplicando a educação infantil também.

Outro importante fato e que precisa ser chamado a atenção e a valorização e formação dos professores dedicados a área da educação infantil. Um dos problemas encontrados na configuração curricular dos cursos que formam professores no Brasil referem-se à falta de  clareza sobre o perfil profissional daqueles que vão atuar junto a criança pequena ( Kishimito 2002). Os educadores (professores) da área infantil precisam estar altamente qualificados para o ensino, qualquer equivoco cometido com a criança nas creches e pré-escolas podem causar traumas e complicações da qual esta criança carrega a vida toda. E através da sala de aula que percebemos os alunos com déficit de atenção, problemas de autismo, quando não detectados pelas famílias, devido às condições socioeconômicas. A formação dos professores é o fator mais importante para a promoção de padrões de qualidade na educação, seja em qualquer grau ou modalidade. E preciso suprir as deficiências teóricas e praticas de uma formação acadêmica mal feita, buscando o profissional a capacitação em serviço e a atualização constante, aprofundando experiências científicas e cotidianas que esta vivendo e as vividas anteriormente. (Barreto 1998).

A educação infantil vai além de carregar a criança no colo, dar pecinhas, ou solta los no parquinho, o planejamento do currículo precisa incluir uma organização que enriqueça o universo infantil, ao utilizar se o tempo, os matérias disponíveis, as brincadeiras, as musicas deve se procurar encaixar o desenvolvimento do saber as atividades junto as crianças.

Não e fácil discutir sobre essa questão do trabalho pedagógico em instituições em educação infantil, por que e muito fácil imaginarmos um cotidiano em sala de aula e os professores vivenciarem outros, por que cada escola esta inserida em uma comunidade que influencia de forma negativa ou positiva, fora as crianças que compõem a escola que fazem toda diferença.

Apesar de todos os problemas, houve muitos avanços e continuará ocorrendo diversos avanços precisaram olhar criticamente e perceber que da forma como a criança era tratada na Idade Media posta de lado sem seu direito de infância, os dias atuais avanço pouco mais avançou,  a educação saiu de assistencialista para educar a pequena criança, afinal como disse Montesquieu e na criança que se encontra o homem de amanhã.

 

 


Gostou do conteúdo? Receba nossos artigos e materiais, semanalmente, direto no seu email.


Você tem interesse em planos de aula, atividades com datas comemorativas, músicas infantis, jogos e brincadeiras, tudo isso pronto para você baixar e adaptar?


EU QUERO!

Comentários

Carregando comentários...

Material relacionado