fbpx

AÇÃO DIALÓGICA

 

 

 

 

 

 

 

AÇÃO DIALÓGICA

Para explicitar esta narrativa, a reflexão foi organizada sobre dois eixos norteadores; a ação dialógica do docente e a construção de identidade do aluno.

Nesse sentido compreender a ação dialógica como uma instância produtora de linguagem e, portanto, formadora de subjetividade, requer considerar o ser humano como um todo inacabado que se constitui de suas relações sociais. Decorre, então, a importância do “outro” na formação subjetiva do ser humano.

Com isso, pretende-se demonstrar a relevância das interações ocorridas na escola e no cotidiano e perceber que esses adolescentes estão internalizando palavras de outros, tornando-os, também, parte integrante do eu, enfim, se constituindo enquanto sujeitos e da melhor forma possível.

Deixe um comentário

Deseja receber nosso conteúdo direto no seu email?