fbpx

A DEPRESSÃO NA SALA DE AULA

A Depressão em Sala de Aula


A depressão é uma doença que pode se manifestar em todas as idades. Mas em crianças os casos costumam ser escassos, e em sua maioria ligados a maus tratos ou a períodos de crise familiar, como por exemplo a separação dos pais.

Os sintomas são aparentemente iguais : perda de interesse na sala de aula, distância da realidade, fadiga, insônia, agressividade, entre outros.

Quando agredida a criança pode se tornar, muito agressiva e sem limites, pois não obedece a nenhum critério.

Os sintomas gerais da depressão nesse caso são mais intensos, de acordo com o trauma sofrido, levando a introspecção.

O trabalho da professora, é tentar trazer os sentimentos da criança à tona, pedindo-a para fazer desenhos e textos sobre a sua vida social, conversando e também orientando os pais a procurarem terapia. No caso de separação dos pais, a conduta é a mesma, mas leva menos tempo, pois os traumas não são tão profundos.

A depressão atinge crianças em várias faixas etárias sendo um problema cada vez mais comum em sala de aula, sendo assim nós educadores devemos estar preparados para identificar o mais rápido possível essa situação e tentar contorna-la, interagindo criança, escola, família.

Podemos concluir que educação e saúde são palavras que estão interligadas pois uma não consegue caminhar sem a outra, ou seja, é preciso estarmos bem tanto fisicamente quanto mentalmente para que a nossa absorção em relação aos conteúdos dados em sala de aula seja perfeita, por isso a participação da professora em relação a saúde também é fundamental pois muitas vezes é só ela que consegue descobrir algo de errado no comportamento do aluno e assim toma as providências necessárias para que este melhore o seu desempenho em aula .

Autor: Renata Rocha Castro

Deixe um comentário

Deseja receber nosso conteúdo direto no seu email?