AS DROGAS NA NOSSA SOCIEDADE

Custom Search

AS DROGAS EM NOSSA SOCIEDADE



Justificativa

As drogas são os maiores e mais lastimáveis de todos os flagelos que a humanidade tem noticia, que afeta o homem já na vida intra-uterina, quando os pais já são viciados. As drogas vêm atacando o homem em todas as idades sob os mais diversos aspectos, penetrando em todos os segmentos da sociedade, em todos os paises do mundo.

As drogas estão alterando o curso da história da criatura humana, que vem impondo ao homem lamentável atraso no seu progresso moral, além daqueles que são vitimados diariamente por superdosagens. Anualmente elas provocam milhares de mortes em acidentes de transito, ou diversos outros fatores que provocam mortes horripilantes como a AIDS, sem contar também na destruição de muitas famílias, causando verdadeiros horrores na sociedade, como a miséria, os conflitos familiares e outros.

O problema das drogas não é uma criação do século XX, apesar de ter alcançado um maior desenvolvimento, pode-se afirmar que acompanham o homem desde os tempos mais remotos. A relatos que as populações asiáticas desde muito século vinculavam o ópio ao misticismo reinante; na Índia os hindus acerca de 1000 anos a.C, considerava a maconha como uma planta sagrada, isto está escrito no “RIG-VEDA”, obra sagrada dos Hindus (Kuhl, 1996:29).

Na atualidade as drogas são motivos de vários crimes bárbaros, como aquele estudante do curso de Direito, que matou sua avó e sua empregada com requintes de crueldade, sendo usuário de cocaína há 5 anos, destruiu sua vida e de sua família.

Em Teresina, segundo o conselho tutelar, órgão que funciona ativamente no combate aos problemas causados pelas drogas, cita que são as drogas são os males da sociedade, porque este é um gerador de outros problemas enfrentados, como a violência e tráfico.

Exemplos a serem citados não faltam, daria para escrever uma bibliografia de cada usuário por dia.

Tema:

As Drogas em nossa sociedade.

Questões Cientificas:

  • Porque as drogas abalam a estrutura familiar?
  • Porque as drogas são prejudiciais aos jovens?
  • Quais as conseqüências que elas trazem para nossa sociedade?

Objetivos:

  • Analisar os problemas criados pelas drogas no âmbito familiar no município de Teresina;

Específicos:

  • Identificar problemas enfrentados pelos familiares de usuários de drogas;
  • Identificar o porque do fácil acesso à compra de drogas;
  • Descrever os problemas enfrentados pelos usuários de drogas em Teresina.

Problematização:

  • Porque as drogas são prejudiciais em nossa sociedade?

Quais as representações sociais sobre o uso de drogas em nossa cultura?

  • Até que ponto uma usuária de drogas compromete as relações familiares?
  • Como as famílias enfrentam as conseqüências de possuir um membro dependente de drogas?
  • Existem organizações de apoio? E o tratamento como se dá?
  • Como está organizado o nosso ordenamento jurídico para o tratamento legal desta questão?


Referencial Teórico

As drogas são problemas enfrentados por todo o mundo, que vem passando pelos séculos, levando conjuntamente os seus problemas e conseqüências de uso, assim como Eurípides Kühl, cita em sua obra:

“O problema das drogas e tóxicos não é uma criação do século XX, apesar de ter, na sua ultima parte, alcançado um maior desenvolvimento. Pode-se afirmar que as drogas acompanham o homem desde tempos remotos(1996:29)”.

Não podemos deixar de citar neste projeto, outro grande fator que fazem as drogas tão populares, accessíveis a todos, motivo no qual movimenta hoje um grande capital financeiro, porque deixaram de ser uma questão exclusivamente medica, para ser uma atividade econômica a mais na sociedade, e por sinal, bastante lucrativa. E porque chegaram a este ponto? Pergunta esta que tentaremos responder neste projeto de pesquisa. Chegaram ao tal ponto de abalar nossa sociedade, deixando em risco nossa humanidade, nossa historia. Penso até que nossa sociedade pode ser até dizimada, ou se não chegando a um verdadeiro caos ou estado de terror. Esta minha idéia é baseada com AMAR, em uma de suas afirmações em sua obra:

“O fato é que os entorpecentes transformaram-se num Cavalo de Tróia na sociedade de consumo; uma gigantesca bomba-relógio que ameaçam a concepção do mundo tomou lugar na mente de milhões de pessoas sob os efeitos dos entorpecentes. (1998:18-19)”.

Não há paises no mundo onde as drogas não tenham, chegado promovendo desgraças. Mas porque as drogas são tão procuradas? Porque o estímulo ao abuso de drogas? Formulo a idéia que o consumo das drogas, estão relacionados com o comportamento e a saúde dos seres humanos que vão a busca da conquista, da independência, da auto-afirmação e do usufruto do prazer. Estas ideologias são formadas a partir de esclarecimentos feitos a mim pelo Prof. Toxicólogo, autor de diversos livros na área da toxicologia, Ayush Morad Amar:

“A historia tem demonstrado que os seres humanos fogem da dor, mais são atraídos pelo prazer. [...] A atração pelo prazer origina-se no funcionamento do nosso corpo, pois as funções vitais em si, produzem imenso prazer a um individuo. [...] Por outro lado, as drogas são usadas abusivamente, modificam as funções vegetativas e mentais, alterando em demasias seu comportamento (1988-16-17)”.

Eis aqui outro motivo que levam as pessoas a utilizarem as drogas, desinformação. A desinformação, que desencadeia vários fatores que afetam diariamente nossa sociedade. Saliento que as drogas são problemas por diversas camadas sociais e econômicas do mundo. Ensina AMAR, que algumas destas causa principais que levam os seres humanos à dependência e ao uso de drogas são:

“1. As substanciais mudanças físicas e psíquicas sofridas pelos adolescentes [...] 2. O desconcerto diante dos problemas agudos da vida desperta a tendência a fuga, escapismo [...] 3. O desenvolvimento medíocre da personalidade que impede o individuo de obter um sentimento de realização, de independência e auto-estima [...] 4. Fatores como heranças patológicas que possam condicionar uma função anormal na mente [...] 5. É sabido que a sociedade contemporânea exige um tipo de família diferente da tradicional, com estrutura e valores opostos [...] (1996:23)”

Em Teresina, segundo o conselho tutelar, o grande problema enfrentado na sociedade teresinense, são as drogas, principalmente, porque este é um gerador de outros problemas enfrentados pela sociedade, como a violência e tráfico.

Segundo Moreira (1997, p. 4), que se utiliza dados do Conselho Tutelar, que é um órgão ativo na sociedade teresinense que, enfrenta diversos problemas, entre eles as drogas entre os jovens, cita que um dos fatores condicionantes à violência contra a criança e o adolescente é o uso de drogas por parte do agressor.

No ano de 2001, verificou-se números significativos na sociedade teresinense nos meses de janeiro, fevereiro, abril, maio, junho, agosto, setembro, outubro; um número de atendimentos no Conselho Tutelar.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) sintetizou as conseqüências das drogas ao defini-la como, “um estado psíquico, e as vezes físico, causado pela interação entre um organismo vivo e um fármaco; caracteriza-se pelas modificações do comportamento e outras reações que compreendem sempre um impulso irreprimível para tornar o fármaco, em forma continua ou periódica, afim de experimentar seus efeitos psíquicos e, as vezes para evitar um mal estar produzida pela privação”.

A OMS preocupa-se em definir os fármacos pelo seu alto teor de afetamento aos seres humanos, irei citar alguns males que as drogas causam em seres humanos:

  • Saúde física: desabilita o metabolismo e modifica gravemente as funções orgânicas-vitais;
  • Saúde mental: afetam o cérebro, o órgão do controle do corpo humano, ou seja, do pensamento que assim não poderá refletir a realidade que o rodeia com exatidão;
  • Saúde publica: vista que milhares de pessoas são afetadas diretamente ou indiretamente pelas drogas, se tornando uma verdadeira epidemia;
  • Dissolução social: causa uma crise dos valores morais perante a sociedade.

Com o grande desenvolvimento das drogas no século XX e XXI, vem destruindo nossa humanidade, causando desordem e fim de famílias, gerando problemas no mundo de ordem social, econômica, política e diversas outras. Tentarei neste projeto esclarecer alguns agravantes e o que leva a desgraça das drogas no nosso cotidiano.


METODOLOGIA DA PESQUISA

Tipo de pesquisa

Utilizei para a elaboração deste projeto o tipo de pesquisa que citarei abaixo:

Pesquisa Bibliográfica, realizada a partir de um levantamento de material com dados já analisados, e publicados por meios tangíveis e intangíveis, como livros, artigos científicos, resenhas, ensaios, paginas da internet, sobre o tema em pesquisa, pois pretendo analisar profundamente os efeitos que surgem em nossa sociedade ocasionado pelas drogas. Assim oferecendo uma sintonia entre as minhas propostas de reflexões e as atualidades do mundo pós-moderno.

Também utilizo o tipo de pesquisa qualitativo, que uso focos de interesse amplos, que vão sendo definidos à medida em que o estudo avança, procurando descrever e analisar em termos qualitativos, complexos e compreensivos e, não invariavelmente, como ele se desdobra em um período de tempo.

Método de abordagem

Dedutivo (partindo de noções gerais rumo a conclusões especificas) e Indutivo (partindo de noções especificas direcionando a conclusões gerais).

Método de procedimento

Projeto monográfico

Coleta de dados

Os dados coletados para tal projeto foram obtidos através de pesquisa em livros e revistas relacionados ao assunto em questão.


Referências Bibliográficas

AMAR, Aysuh Morad. A verdade sobre as drogas – vol II. São Paulo: editora cione, 1988. 152 p.

AMAR, Ayush Morad. A verdade sobre as drogas. São Paulo: Ícone, 1988.

MONTEIRO, Antonio [org.] & [et al.]. ExCola. Rio de Janeiro: 1994. 69 p.

ONG MARCELINAS. Rio de Janeiro. Disponível em:
<http://www.marcelinas-rio.com.br/Pagina%20Col%C3%A9gio/imagemsetores
/Vera%20Psicologa/as_drogas_na_sociedade.htm>.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Cartilha de informação sobre as drogas e doenças sexualmente transmissíveis.Brasília: editora da UNB, 2000.

PORTAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO. São Paulo. Disponível em: <http://portal.prefeitura.sp.gov.br/noticias/sec/saude/2003/10/0038.htm

PORTAL DA SECRETARIA DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO. Rio de Janeiro.

PORTAL DIGA NÃO AS DROGAS.

PORTAL NACIONAL CONTRA AS DROGAS.

SITE “OS TROPEIROS”. São Paulo.

Autor: Osternes Rodrigues Moura

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=SP05aIho3wc&feature=related[/youtube]

SALVE ESTA MATÉRIA!

Deixe uma resposta