SÍNTESE DO FILME: A FIRMA

Leia livros sobre este assunto

O filme retrata a tecnologia de maneira muito sutil, a partir das  denuncias do jovem advogados e das investigações do FBI que se comunica com outros departamentos de maneira sigilosa na tentativa de desmantelar a máfia e descobrir de que forma eles fazem a lavagem de dinheiro.

De um lado a tecnologia nos proporciona recursos cada vez melhores mas, existem pessoas que se aproveitam dela, para tirar proveito de situações como é o caso do filme que faz lavagem de dinheiro por meios de canais tecnológicos, achando que iam ficar impunes.

 Hoje, qualquer um de nós tem acessos a extratos bancários, podemos fazer transferência de dinheiro sem sair de casa, pagar contas, imaginem os que os mafiosos podem fazer apertando apenas alguns botões no computador da firma ou de um Banco qualquer?

É um filme ótimo que apresenta  questões marcantes,com realismo, o problema social que atingem todos os povos.

É realmente triste, mas todos, de uma forma ou de outra, já vivenciamos situações semelhantes. Dentre as questões marcantes, destaca-se a ambição de Mitche MaDeere (Tom Cruise) um advogado recém formado incorruptível .

 Esse traço o levou a rejeitar várias propostas de trabalho, pois as mesmas não satisfaziam seu ego. Finalmente, um dia recebeu uma  proposta milionária para trabalhar em um obscuro escritório em Memphis.

Diante dessa perspectiva de ganhar muito dinheiro – era o seu objetivo- Mitche aceita o trabalho, sem avaliá-lo em sua extensão. Para ser bem recebido negou a existência de um irmão presidiário, temendo denegrir sua imagem. O filme questiona o código de ética, que mantêm em sigilo da relação do advogado com seu cliente.

Aos poucos descobre que seus clientes estão envolvidos na maior tramóia e a empresa onde trabalha também está envolvida com lavagem de dinheiro da máfia e todos advogados que tentaram sair foram mortos. Essa trama traduz as consequências trágicas dos interesses excusos, sobretudo de “gosto” pela riqueza

É lamentável, mas fatos como esse acontecem sempre no nosso dia a dia. Nos tempos atuais é natural ver o individualismo, o egoísmo e a corrupção. É  preciso ser o que verdadeiramente somos, sem atrapalhar ninguém. Para se construir um mundo de justiça, amor, igualdade e fé, é preciso antes de tudo ter consciência disso e vivê-la com autenticidade, sem pisotearmos uns aos outros, numa corrida desenfreada ao ter e poder.

Tudo é consequência, a lei do retorno. Muitos se enganam ao pensar que o dinheiro é o centro de tudo, e passam a vida atrás do mesmo, sacrificando até os sentimentos mais nobres. Quando a ilusão passa, as pessoas se dão conta de que o caminho de volta é mais complicado e que não é fácil romper com a glória, e então surge a depressão e os amigos desaparecem. É preciso recomeçar.

O mais importante entretanto, está em conduzir a uma reflexão crítica sobre valores profissionais, sociais, revelando as frustrações profundas na vida daquele que ignoram seus sentimentos e valores pessoais, se deixaram controlar pela ambição financeira até um ponto que parecia sem retorno.

É fundamental na vida humana valorizar suas raízes, seu povo e sua terra natal. O fato de poder ir e vir de qualquer lugar sem precisar se esconder, ter liberdade.

DETALHES: FICHA TÉCNICA
TÍTULO ORIGINAL The Firm
REALIZAÇÃO Sydney Pollack
PRODUÇÃO John Davis, Sydney Pollack, Scott Rudin
ATORES Tom Cruise, Jeanne Tripplehorn, Gene Hackman, Hal Holbrook, Terry Kinney, Wilford Brimley, Ed Harris, Holly Hunter, Tammy Hemphill, David Strathairn, Gary Busey, Steven Hill, Tobin Bell, Barbara Garrick, Jerry Hardin, Paul Calderon, Jerry Weintraub.

 

 Síntese feita por Soraya Mendonça

 

 

 

 

O que você achou do texto acima? Gostou? Acha que pode ser útil pra mais alguém?

Se sim, eu gostaria de te pedir encarecidamente que compartilhasse, além de transmitir a informação, você ajuda no crescimento do nosso site! 😘

Kit Acelera ABC

Comentários

É muito importante saber a sua opinião. Adoramos quando você comenta, pois assim sabemos quais os rumos que devemos seguir através dos nossos artigos. Tudo o que você sugere ou comenta é avaliado para somar ao conteúdo que desenvolvemos.

Deixe uma opinião sobre o que achou do texto acima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *