fbpx

PSICOLOGIA ESCOLAR E POLÍTICAS PÚBLICAS EM EDUCAÇÃO: DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS

Leia livros sobre este assunto

Psicologia Escolar e políticas públicas em Educação: desafios contemporâneos

Marilene Proença Rebello de Souza

 

RESUMO

Nas últimas décadas, a Psicologia reviu-se enquanto ciência e buscou novos rumos, visando construir concepções críticas da atuação profissional no campo da Educação, conforme significativo número de autores da Psicologia Escolar revela.

Essas reformulações ocorreram no bojo de mudanças significativas no campo político educacional brasileiro. Nesse cenário, novas questões se fizeram presentes na área educacional, impulsionadas pelos avanços oriundos da expansão de um sistema de pós-graduação que, por sua vez, vem permitindo a consolidação de um conjunto de pesquisas no Brasil e a sua repercussão no campo da elaboração de políticas públicas.

A atuação do psicólogo escolar precisará, portanto, considerar: o compromisso com a luta por uma escola democrática e com qualidade social; a ruptura epistemológica relativa à visão adaptacionista de Psicologia; e a construção de uma práxis psicológica diante da queixa escolar, visando ao conhecimento das políticas públicas educacionais e às suas repercussões na vida diária escolar.

 

 

 

 

 

O que você achou do texto acima? Gostou? Acha que pode ser útil pra mais alguém?

Se sim, eu gostaria de te pedir encarecidamente que compartilhasse, além de transmitir a informação, você ajuda no crescimento do nosso site! 😘

Kit Acelera ABC

Comentários

É muito importante saber a sua opinião. Adoramos quando você comenta, pois assim sabemos quais os rumos que devemos seguir através dos nossos artigos. Tudo o que você sugere ou comenta é avaliado para somar ao conteúdo que desenvolvemos.

Deixe uma opinião sobre o que achou do texto acima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *