fbpx

DICAS DE LEITURA, FIQUE ATUALIZADO

Dicas de Leitura Folha Explica – Paulo FreireFernando José de Almeida
Editora: PubliFolhaO volume Paulo Freire, da série Folha Explica, analisa, de forma clara e objetiva, a vida e a obra de um dos maiores educadores do Brasil. O autor, Fernando José de Almeida, apresenta uma reflexão introdutória sobre a Pedagogia do Oprimido, criada por Freire, que parte do princípio de que ler é uma interpretação do mundo: ler é tomar consciência, a leitura e a escrita são práticas de liberdade. Com obras traduzidas para mais de vinte línguas, Freire foi importante, entre outras coisas, na elaboração dos projetos político-pedagógicos aplicados na escola contemporânea. Nesse livro, o leitor ainda pode encontrar um capítulo especial que apresenta uma cronologia e enumera as principais obras já publicadas pelo educador.
Dicas de Leitura
Dificuldades de Aprendizagem – A Psicopedagogia na Relação Sujeito, Família e EscolaSimaia Sampaio
Editora: WakO fracasso escolar não é um tema nem mais uma preocupação consequente dos tempos modernos. Há muito tempo,
educadores vêm realizando pesquisas e investigando as causas que possam justificar o mau rendimento escolar ou o problema de aprendizagem. Sabemos que o conhecimento do sujeito é construído na interação com o seu meio, seja o familiar, o escolar ou mesmo o seu bairro, e desse meio ele depende para se desenvolver como pessoa. Entretanto, quando o meio é qualificado como inadequado para um desenvolvimento sadio, tanto físico quanto psicológico, o sujeito poderá encontrar obstáculos, mas eles poderão ser superadosà medida que encontrarmos, na família, na escola e no próprio sujeito, uma porta que nos permita entrar e (re)construir junto a estes uma nova aprendizagem. Embora seja fácil falar separadamente do sujeito, da família e da escola, pois todos se fundem em uma relação triangular, esse livro aborda suas peculiaridades, focalizando as causas das dificuldades de aprendizagem próprias a cada uma dessas instâncias.
Dicas de Leitura
Como se Aprende? Estratégias, Estilos e MetacogniçãoEvelise Portilho
Editora: WakEsse livro parte da análise de diferentes conceitos de aprendizagem na perspectiva de estudos da área, relacionando suas pesquisas com a ação do professor em sala de aula. Apresenta modalidades relacionadas a como as pessoas aprendem, à necessidade de o professor e o aluno conhecerem o próprio conhecer para obter melhores resultados em sua aprendizagem ao longo da vida. Para tanto, o livro propõe alguns instrumentos de avaliação metacognitiva que podem auxiliar o docente em sua prática pedagógica. A autora faz um passeio pela história, discutindo ideias de teóricos que, de alguma forma, contribuíram para a sua construção intelectual e prática. Seus estudos sobre a metacognição encontram-se sistematizados no livro, e, com certeza, essa será uma importante contribuição para as nossas reflexões sobre aprendizes e suas aprendizagens. Livros como esse, que fazem a ponte entre a teoria, a pesquisa e sua aplicação na prática educativa, devem compor a biblioteca de todos nós, educadores, pois esclarecem, fazem pensar e provocam mudanças em nossas ações.
Dicas de Leitura
Cinco Mentes para o FuturoHoward Gardner
Editora: ArtmedO mais novo livro de Howard Gardner, Cinco Mentes para o Futuro, descreve as habilidades cognitivas específicas que certamente serão procuradas e cultivadas pelos líderes nos anos à frente. No livro, Gardner usa de uma rica e diversa gama de exemplos para dar testemunho de suas ideias, desenhadas para inspirar o aprendizado de longo prazo e também para prover valioso discernimento àqueles encarregados do treinamento e desenvolvimento de líderes organizacionais. Partindo de décadas de pesquisa cognitiva e ricos exemplos da história, da política, dos negócios, da ciência e das artes, Gardner escreve para profissionais, professores, pais, políticos, líderes de negócios, treinadores e todo mundo que tem interesse nas habilidades cognitivas como um prêmio para o amanhã.
Afro-Brasil em CordelNezite Alencar
Editora: PauluslivroA literatura de cordel, chamada de folhas volantes ou folhas soltas, chega ao Brasil por meio dos colonizadores portugueses, a partir do início do século XVII. O nome literatura de cordel, usado no Nordeste e depois difundido em todo o Brasil, vem do fato de os folhetos serem expostos pendurados em cordões nas feiras e em outros pontos de venda.

O cordel é a expressão viva da sabedoria do povo, um veículo de comunicação popular de ampla abrangência e ressonância. É importante lembrar que a literatura de cordel, ao recolher, registrar e interpretar fatos da vida real, tornando-se uma preciosa fonte de informação, tem sido estudada por cientistas sociais e historiadores, que dedicam cada vez mais atenção às fontes populares de informação e tomam os cordéis como objeto de estudo.

O fato de ser escrito em versos com estrofes de métrica e rimas constantes torna o cordel um texto agradável de ler, ouvir e cantar. Com essa coleção, a Paulus põe à disposição dos estudantes e do público em geral uma boa maneira de conhecer temas importantes, ao mesmo tempo que valoriza a cultura popular e a pluralidade cultural.

Por que os Mosquitos Zunem no Ouvido da Gente

Verna Aardema
Editora: Global

livroEsse conto narra como um mal-entendido, uma brincadeira com intenções singelas, pode ter um desfecho dramático. O mosquito aborreceu o iguana, que meteu medo na cobra, que deu um susto no coelho, que spantou o corvo, que assustou o macaco, que matou a corujinha, e, agora, mamãe coruja não vai acordar o Sol para o dia chegar… Como será resolvida essa questão? O Rei Leão fará alguma intervenção? Apesar de norte-americana, a autora conhece muito bem a cultura africana e, por isso, escreveu esse belíssimo livro, que apresenta, nas entrelinhas, as relações de poder e a hierarquia na floresta e ainda questiona
se os conceitos preestabelecidos devem ser mantidos para sempre.

Três Contos Africanos de Adivinhação

Rogério Andrade Barbosa
Editora: Paulinas

livroA proposta de Três Contos Africanos de Adivinhação — além de recontar três narrativas recolhidas da literatura oral nigeriana — é de interagir com o leitor, desafiando-o a solucionar os enigmas apresentados às personagens antes do desfecho das histórias.

Em Os Três Gravetos e As Três Moedas de Ouro, as personagens têm que desmascarar malfeitores e ladrões;
em Três Mercadorias Muito Estranhas, um ancião precisa fazer a travessia do Rio Níger em um pequeno barco para levar um leopardo, uma cabra e um saco de inhame, driblando a cadeia alimentar.

Os textos são resgate de narrativas africanas — marca registrada do autor, que trabalhou como voluntário da ONU na Guiné-Bissau —, cuja literatura tem como um dos propósitos
transmitir ensinamentos de ética para uma boa convivência.

O Menino Mestre e o Rei Zumbi – A Arte da Capoeira

Mestre Klaity e Cássia Luz
Editora: Nova Prova

livro“O caranguejo lembrou-se de ter ouvido falar, certa vez, de uma terra onde todos eram livres de verdade, aqui mesmo no Brasil!

Contou ao menino… E lá foram eles, em busca da liberdade!”

Bia na África

Ricardo Dreguer
Editora: Moderna

livroBia é filha de uma diplomata e viaja com a mãe por diferentes partes do mundo: África, Europa, Ásia… Nessas viagens, ela conhece muitas das influências que outros países trouxeram para o Brasil.

Prepare suas malas e viaje com Bia para a África. Conheça o Egito e o Quênia e more com ela em Angola! Lá, você encontrará muitas das raízes do Brasil e dos brasileiros. Boa viagem!

1
Deixe um comentário

avatar
0 Conversas
0 Respostas
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário mais apreciado
0 Autores de comentários
Autores de comentários recentes
  Receber notificações  
mais novos mais antigos mais votados
Me notifique

Deseja receber nosso conteúdo direto no seu email?