fbpx

OS MEDOS

Os Medos

Muitas das crianças, senão mesmo a sua maioria, passa por uma fase de MEDOS, medo do escuro…medo de dormir sozinha…medo do “velho”… medo do papão…medo de animais.
Por vezes alguns desses medos podem tomar proporções realmente exageradas mas habitualmente permanecem em níveis controláveis e tendem a desaparecer com a idade.
Mesmo assim, este é um problema que aflige muitos pais e a dúvida da maioria é como esses medos aparecem e o que se pode fazer para ajudar as crianças a superá-los.
Na generalidade o medo está directamente ligado ao sentimento de insegurança, é nestas situações que as crianças se revelam com mais pavores, pois não conseguem controlar os próprios pensamentos na situação.
Como já referido, a maioria dos medos das crianças tende a desaparecer com o tempo, podendo os pais ajudar nesse processo tentando deixar a criança segura diante de situações que lhe causem medo.
“A falta de medo expõe a criança ao risco e o excesso dele faz com que ela se resguarde emocionalmente”
Identificar a origem do medo infantil exige dedicação, é preciso estar atento aos sinais demonstrados pela criança e saber conversar com ela sobre o que lhe causa pavor, não desvalorizando o que a criança diz.
É importante explicar à criança que existem “medos amigos”(reais) e “medos inimigos”(irreais), faz toda a diferença a criança saber diferenciá-los,  para que desse modo a criança construa noções de perigo. Ex: ela tem de saber que escadas, piscinas e animais presos representam riscos. Mas faça isso sem aterrorizá-la.
Brinque com seu filho e entre na fantasia dele, as experiências lúdicas ajudam as crianças a lidar com a ansiedade. Os brinquedos treinam a criança para a vida, e é costume representar em brincadeiras o sentimento de medo frente a uma situação real, como a ida a um hospital.
Não existe problema em dar objectos para a criança se sentir mais segura, principalmente na hora de dormir sozinha. São os chamados objectos de transição, reduzem a ansiedade da criança durante a passagem da vida desperta para o sono, tal como o famoso ursinho. O importante é que ela tenha algo familiar à mão para enfrentar os receios na hora de dormir. A compreensão dos pais é fundamental.
NUNCA USE O MEDO DA CRIANÇA COMO INSTRUMENTO DE PODER, ISSO IRÁ REFORÇAR A INSEGURANÇA NA CRIANÇA.

Psicologia da educação

E-mail: [email protected]
Telem. 96 3489511

http://caapsicologia.blogspot.com/search?updated-max=2010-11-29T11%3A57%3A00-01%3A00&max-results=5

Deixe um comentário

Deseja receber nosso conteúdo direto no seu email?