fbpx

Musicalização infantil

 

1-O ALFABETO

A, B, C, D, E, F, G, H,
I, J, L, M, N, O, P, Q,
R, S, T, U, V, X e Z

Eu já aprendi. Quer ver?
Vou mostrar pra você,
O alfabeto eu aprendi
Vou cantar, pode crer

A,B,C…

O alfabeto eu aprendi
Jesus me deu sabedoria
As letrinhas vou usar
Dia e noite, noite e dia.

A,B,C…

2-A GALINHA MAGRICELA

Eu conheço uma galinha
A galinha da vizinha
Avezinha magricela e depenada
Quem tem pena da galinha
Avezinha depenada
A galinha magricela da vizinha?
Bota ovos pela sala
No banheiro e na cozinha
Ela bota, bota, bota
Sem parar
A galinha magricela
Bota ovos sem parar
A galinha magricela
É magrela de botar
A galinha magricela
E bota um e bota dois e bota três
A galinha magricela
Vira cambota e bota quatro de uma vez
A galinha magricela
E bota dez e bota cem e bota mil
A galinha magricela
Bota ôvo bota banca
De mais bela do Brasil

3-A COBRA

A cobra não tem pé, a cobra não tem mão
como é que a cobra sobe no pezinho de limão?
como é que a cobra sobe no pezinho de limão?

A cobra vai subindo, vai, vai, vai
Vai se enrrolando, vai, vai, vai

A cobra não tem pé, a cobra não tem mão
Como é que a cobra desce do pezinho de limão?
Como é que a cobra desce do pezinho de limão?

A cobra vai descendo, vai, vai, vai
Vai desenrrolando, vai, vai, vai.

4-A BARATA DIZ QUE TEM

A Barata diz que tem sete saias de filó
É mentira da barata, ela tem é uma só
Ah ra ra, ho ro ró, ela tem é uma só!
A Barata diz que tem um sapato de veludo
É mentira da barata, o pé dela é peludo
Ah ra ra, ho ró ró, o pé dela é peludo!
A Barata diz que tem um sapato de fivela
É mentira da barata, o sapato é da mãe dela
ah rá rá, oh ró ró, o sapato é da mãe dela
A Barata diz que tem uma cama de marfim
É mentira da barata, ela tem é de capim
Ah ra ra, ho ró ró, ela tem é de capim
A Barata diz que tem um anel de formatura
É mentira da barata, ela tem é casca dura
Ah ra ra , ho ró ró, ela tem é casca dura
A Barata diz que tem o cabelo cacheado
É mentira da barata, ela tem coco raspado
Ah ra ra, ho ró ró, ela tem coco raspado.

5-A CASA

Era uma casa muito engraçada
Não tinha teto não tinha nada

Ninguém podia entrar nela não
Porque na casa não tinha chão

Ninguém podia dormir na rede
Porque na casa não tinha parede

Ninguém podia fazer pipi
Porque pinico não tinha ali

Mas era feita com muito esmero
Na rua dos bobos número zero.

6-O SAPO

O sapo nao lava o pé.
Não lava porque não quer.
Ele mora la na lagoa,
Não lava o pé porque não quer.
Mas que chulé !

7-O RELÓGIO

Passa tempo, tic-tac
Tic-tac, passa hora
Chega logo, tic-tac
Tic-tac, vai-te embora
Passa, tempo
Bem depressa
Não atrasa
Não demora
Que já estou
Muito cansado
E já perdi toda alegria
De fazer meu tic-tac
Dia e noite
Noite e dia
Tic-tac
Tic-tac
Dia e noite
Noite e dia

😯 LAGARTO

O Lagarto quando anda
Ele mexe o traseiro
Vai andando e rebolando
Remexendo o corpo inteiro

Com o seu rabo comprido
Vive as margens das estradas
Se alguém mexer com ele
Ele dá uma rabada

O Lagarto quando anda
Ele mexe o traseiro
Vai andando e rebolando
Remexendo o corpo inteiro

Com carinha de serpente
Um réptil ele é
Tem um primo,o Crocodilo
E outro primo,o Jacaré

O Lagarto quando anda
Ele mexe o traseiro
Vai andando e rebolando
Remexendo o corpo inteiro

Também tem a Lagartixa
Da família menorzinha
Vive sempre pendurada
Lá no teto da cozinha

“Olha o Lagarto!”
“Não,eu acho que é um Jacaré.”
“Que Jacaré,nada,seu bobo,é uma Lagartixa!”

O Lagarto quando anda
Ele mexe o traseiro
Vai andando e rebolando
Remexendo o corpo inteiro.

9-O ARCO-ÍRIS

Olhe pra o céu num dia de chuva
Quando o sol raiar, você vai ver
Um arco-íris pintado nas nuvens
Para nos lembrar do que Deus fez

Celebramos Tua bondade, Senhor
Que nos salvou

Vamos comemorar a misericórdia do nosso Deus
Vamos nos alegrar na aliança que conosco Ele fez

Tão colorido (Celebramos Tua bondade, Senhor)
O arco-íris no céu
Tão colorido (Celebramos Tua bondade, Senhor)
Lembrança do Teu amor

Vamos comemorar a misericórdia do nosso Deus
Vamos nos alegrar na aliança que conosco Ele fez
Vamos comemorar
Vamos nos alegrar.

10-O FOGUETE

10,9,8,7,6,5,4,3,2,1
Chega ao zero aonde eu quero
O foguete vai subir
A contagem vai cair
Conto de 10 até 0
Ele vai pra onde eu quero
Dentro do fogete eu ponho
Um pedaço do meu sonho
Conto de 10 até 0
Ele vai pra onde eu quero

11-A  PIPOCA

Uma pipoca puxa assunto na panela,

Outra pipoca vem correndo responder

Aí começa um grande falatório

Ninguém consegue entender,

Mas é um tal de ploc, ploc, ploc…

02-  POMBINHA BRANCA

Pombinha branca,

O que está fazendo?

Lavando roupa

Para o casamento.

Vou me lavar.

Vou me enxugar.

Vou à janela para namorar.

Passou um homem.

De terno branco,

Chapéu do lado,

Meu namorado.

Mandei entrar,

Mandei sentar,

Cuspiu no chão,

Limpa aí seu porcalhão

Tenha mais educação

Vai cuspir no seu portão        2x

03-   MEIA NOITE

Era meia noite

Num castelo assombrado

Uma bruxa malvada

Com uma faca na mão

Passando manteiga no pão (2x)

04-  A COBRA

A cobra não tem pé

A cobra não tem mão

Como é que a cobra sobe no pezinho de limão?

Ela estica, ela encolhe. (2x)

05-  O MONTE

Perto do monte tem uma casa (2x)

Perto da casa, tem uma árvore (2x)

E os passarinhos, pousam nela assim (2x)

Perto da árvore, tem uma ponte (2x)

E por baixo dela corre o rio assim (2x)

Está trovejando, escurecendo (2x)

Feche a janela, que já vai chover (2x)

Chove, chove, chove, choveu…

06-  HORA DE LANCHAR

“Tá” na hora de lanchar

“Tá” na hora de alegria

É só acompanhar

O que diz a melodia

Vamos comer!

Nham! Nham! Nham…

Vamos beber

Glut! Glut! Glut!

Vamos bater palmas

Plá! Plá! Plá!

Vamos bater pé

Pé! Pé! Pé! Pé!

Vamos fazer silêncio

Psiuuuuuu…….

07-  CHORA CHORA

Chora, chora, chora

Pára de chorar

Põe a mão na cabeça

Tira e põe na cintura

Dá um rebolado

Salpica com sapateado.

08-  HISTÓRIA DA SERPENTE

Essa é a história da serpente

Que subiu no morro

Para procurar um pedacinho do seu rabo

E você, e você também, fazem parte do meu rabããããão……

09-   PINGUELINHA

Fui passando fui passando

Na pinguelinha,

Chinelinho, chinelinho

Caiu do pé

Os peixinhos, os peixinhos

Responderam:

_ Que cheirinho, que cheirinho

De chulé.

10-  DE ABÓBORA FAZ MELÃO

De abóbora faz melão

De melão faz melancia

Faz doce sinhá, Faz doce sinhá

Faz doce sinhá Maria                   2x

Quem quiser aprender a dançar

Vai à casa do seu Juquinha          2x

Ele dança, ele pula,

Ele faz requebradinha       2x

11-  VOCÊ ESTÁ CONTENTE

Se você está contente, bata palmas (2x)

Se você está contente e quer mostrar a toda gente

Se você está contente bata palmas.

Se você está contente, bata os pés (2x)

Se você está contente e quer mostrar a toda gente

Se você está contente bata os pés.

Se você está contente, grite: “VIVA!” (2x)

Se você está contente e quer mostrar a toda gente

Se você está contente, grite: “VIVA!”

Se você está contente dê risada Há, Há, Há (2x)

Se você está contente e quer mostrar a toda gente

Se você está contente dê risada Há, Há, Há

Se você está contente:

Bata palmas, bata os pés,

Grite “VIVA!” Dê risada Há, Há, Há

12-  BATE, BATE

Bate, bate ,bate as mãos

Batendo sem parar              2x

Bate rapidinho agora

Sem ninguém parar

Bate devagar agora

Sem ninguém parar

Bate, bate, bate os pés

Batendo sem parar            2x

Bate rapidinho agora

Sem ninguém parar

Bate devagar agora

Sem ninguém parar

Mexe, mexe a cabeça

Mexendo sem parar          2x

Mexe rapidinho agora

Sem ninguém parar

Mexe devagar agora,

Sem ninguém parar

Mexe, mexe a cintura

Mexendo sem parar        2x

Mexe rapidinho agora

Sem ninguém parar

Mexe devagar agora,

Sem ninguém parar

13-  DONA ARANHA

A dona aranha subiu pela parede

Veio a chuva forte e a derrubou

Já passou a chuva

O sol já vai surgindo

E a dona aranha continua a subir

Ela sobe, sobe, sobe,

Nunca está contente

Ela é teimosa e desobediente

Sobe, sobe, sobe, nunca está contente.

14-  ALFACE

Alface já nasceu

A chuva quebrou o galho,

Rebola chuchu, rebola chuchu

Senão eu caio.                             2x

15-  PEIXINHO VERMELHINHO

Ganhei um peixinho

Lindo e vermelhinho

Comprei um aquário

Pra ele morar

O peixinho nada, nada ligeirinho

Eu não sou peixinho,

Mas eu sei nadar

Tbum!!!!!!!!                   2x

    Na segunda vez, fazer somente os gestos e falar: Tbum!!!!!!!!

16-  CHAPEUZINHO VERMELHO

Pela estrada a fora, eu vou bem sozinha

Levar esses doces para a vovozinha,

Ela mora longe e o caminho é deserto

E o lobo mau, passeia aqui por perto.

Mas à tardinha ao sol poente

Junto à mamãezinha dormirei contente

Eu sou o lobo mau, lobo mau, lobo mau

Eu pego as criancinhas

Pra fazer mingau.

Hoje estou contente vai haver festança

Tenho um bom petisco

Para encher a minha pança.

17-  VOCÊ É ESPECIAL

 (Nome da criança) é especial

Não existe outro igual

Jesus fez (nome da criança) assim

Diferente de mim.

       Quando chegar à última criança, falar a frase:

“Diferente de todos e de mim”

18-  NÃO POSSO CHORAR

Não posso chorar na escola,

Não posso chorar na salinha,

Porque quando eu choro,

Eu deixo com dor de cabeça

O coleguinha.

19-  TOMATINHO VERMELHO

Tomatinho vermelho,

Pela estrada rolou,

Um grande caminhão veio

Tomatinho amassou.

Pobre tomatinho,

Coitado do tomatinho,

Tomatinho vermelhoooooooo…..

Ketchup virou! Ketchup virou!

20-   AS VOGAIS

A, A, A, minha abelhinha

Que bom seria se tu fosses minha.

E, E, E, minha escovinha

Que bom seria se tu fosses minha.

I, I, I minha igrejinha

Que bom seria se tu fosses minha.

O, O, O ovo da galinha

Que bom seria se tu fosses minha.

U, U, U seu urubu

Que bom seria se tu fosses MEU.

21-  JACARÉ FOI À FEIRA

Jacaré foi à feira

Não tinha o que comprar

Comprou uma cadeirinha

Pra vovó se sentar

A vovó se sentou

A cadeira se quebrou

Jacaré chorou, chorou

O dinheiro que gastou.

22-    A FORMIGUINHA

A formiguinha corta folha e carrega

Quando uma deixa, a outra pega.

Vejam só que mistério glorioso

Uma formiguinha                             2x

Ensinando um preguiçoso.

Deus não quer preguiçoso

Em sua obra

Porque senão,              2x

O tempo sobra

23-   SEMÁFORO

Pare! Eu contar-lhe

O segredo do farol:

Verde: É pra passar                       2x

Vermelho: Parar

Amarelo: Com atenção olhar.

24-  AS HORAS

Alguém sabe as horas?

Sim. É hora de ser feliz

A hora de ser feliz é agora,

O lugar de ser feliz é aqui.         2x

A maneira de ser feliz

É fazer alguém feliz

E teremos um ceuzinho aqui.

25 – CARANGUEJO
Palma,palma,palma
PÉ,pé,pé
Roda, roda,roda,
Caranguejo, peixe é

Caranguejo não é peixe
Caranguejo, peixe é
Caranguejo só é peixe
Na enchente da maré

Ora palma, palma, palma
Ora, pé, pé, pé
Ora roda, roda ,roda
Caranguejo, peixe é!

_ PARTICIPANTES No mínimo dois.
_ ORGANIZAÇÃO Em roda.
_ COMO BRINCAR As crianças giram e, no verso “Ora, palma, palma, palma!”, todas batem palmas; em “Ora, pé, pé, pé!”,
batem os pés no chão; e ao cantar “Ora, roda, roda, roda”, giram de mãos dadas até o fim da música. No último verso, “Caranguejo peixe é!”, elas agacham

26-JOÃO TRABALHA COM UM MARTELO
João trabalha com 1 martelo
João trabalha com 1 martelo (fazer o movimento do martelo com um dos braços)
Agora trabalha com 2 (mexer os dois braços)

João trabalha com 2 martelos
João trabalha com 2 martelos
Agora trabalha com 3 (mexer os braços e uma perna)
João trabalha com 3 martelos
João trabalha com 3 martelos
Agora trabalha com 4 (mexer os braços e as pernas)

João trabalha com 4 martelos
João trabalha com 4 martelos
Agora trabalha com 5 (mexer os braços, as pernas e a cabeça)

João trabalha com 5 martelos
João trabalha com 5 martelos
Agora vai descansar (relaxar o corpo)

27 – A BARCA VIROU
A barca virou,
No fundo do mar,
Porque a (nome da pessoa)
Não soube remar.
Adeus (nome da pessoa) !
Adeus, Maranhão !
Adeus, (nome da pessoa) !
Do meu coração !

Essa cantiga é uma variação de “A Canoa Virou” e pode ser usada em brincadeira de roda.
Como usar em brincadeira de roda:
As crianças de mãos dadas formam uma roda e giram cantando. A criança cujo nome foi mencionado nas quadras, sai da roda.
Repetem-se as quadras, citando-se o nome de cada criança que estava à esquerda daquela que saiu. Prossegue a brincadeira até que a roda desapareça.

28 -INDIOZINHOS
Um, dois, três indiozinhos
Quatro, cinco, seis indiozinhos
Sete, oito, nove indiozinhos
Dez num pequeno bote
Iam navegando pelo rio abaixo
Quando um jacaré se aproximou
E o pequeno bote dos indiozinhos
Quase, quase virou,
Mais não virou.

Otimo para incentivar as crianças a começarem a contar.

29- JANELINHA
A janelinha fecha
Quando está chovendo
A janelinha abre
Se o sol está aparecendo

Fechou, abriu
Fechou, abriu, fechou.

Abriu, fechou
Abriu, fechou, abriu.

30- A BARATA MENTIROSA
A BARATA DIZ QUE TEM
SETE SAIAS DE FILÓ.
É MENTIRA DA BARATA
ELA TEM É UMA SÓ.
AH! AH! AH!
OH! OH! OH!
ELA TEM É UMA SÓ.(bis)
A BARATA DIZ QUE TEM
SETE SAIAS DE BALÃO.
É MENTIRA DA BARATA
NÃO TEM DINHEIRO NEM PRO SABÃO
AH! AH! AH!
OH! OH! OH!
NEM DINHEIRO PRO SABÃO.(bis)
A BARATA DIZ QUE TEM
UM SAPATO DE FIVELA.
É MENTIRA DA BARATA
O SAPATO É DA MÃE DELA.
AH! AH! AH!
OH! OH! OH!
O SAPATO É DA MÃE DELA.(bis)
Otima para conversar com as crianças, falar que mentir é muito feio e que a mentira tem perna curta.

31 – EU VI O SAPO
EU VI O SAPO
NA BEIRA DO RIO
DE CAMISA VERDE
SENTINDO FRIO
NÃO ERA SAPO
NEM PERERECA
ERA O (nome da criança) SÓ DE CUECA

32- LOJA DO MESTRE ANDRÉ
Ai olé , ai olé
Foi na loja do mestre André

Foi na loja do mestre André
Que eu comprei um pianinho
Plim, plim, plim, um pianinho

Foi na loja do mestre André
Que eu comprei um violão
Dão, dão, dão um violão
Plim, plim plim, um pianinho

Foi na loja do mestre André
Que eu comprei uma flautinha
Fá, flá, flá, uma flautinha
Dão, dão, dão um violão
Plim, plim plim, um pianinho

33- ESCRAVOS DE JÓ
ESCRAVOS DE JÓ
JOGAVAM CAXANGÁ
TIRA,PÕE, DEIXA FICAR
GUERREIROS COM GUERREIROS
FAZEM ZIGUE,ZIGUE,ZÁ

_ MATERIAL Uma pedrinha para cada criança ou qualquer outro objeto pequeno.
_ PARTICIPANTES No mínimo dois.
_ ORGANIZAÇÃO Em círculo, sentados no chão.
_ COMO BRINCAR Cada um coloca uma pedrinha à sua frente. Enquanto canta, a criança pega a sua pedra e coloca na frente do colega, sentado à sua direita. Nos versos “Tira, põe / Deixa ficar!”, todas tiram a pedrinha da frente do colega, colocam na sua frente e a deixam ali por alguns segundos. Quando cantam “Guerreiros com guerreiros”, as crianças retomam os movimentos até o verso “Fazem zigue, zigue, zá!” Nesse momento, os participantes seguram a pedra movimentando-a de lá para cá e deixando-a, por fim, na frente do colega.

34 – FUI AO MERCADO
FUI AO MERCADO COMPRAR CAFÉ
E A FORMIGUINHA SUBIU NO MEU PÉ
EU SACUDI, SACUDI, SACUDI
MAS A FORMIGUINHA NÃO PARAVA DE SUBIR

FUI AO MERCADO COMPRAR BATATA ROXA
E A FORMIGUINHA SUBIU NA MINHA COXA
EU SACUDI,SACUDI, SACUDI
MAS A FORMIGUINHA NÃO PARAVA DE SUBIR

FUI AO MERCADO COMPRAR LIMÃO
E A FORMIGUINHA SUBIU NA MINHA MÃO
EU SACUDI, SACUDI, SACUDI
MAS A FORMIGUINHA NÃO PARAVA DE SUBIR

FUI AO MERCADO COMPRAR JERIMUM
E A FORMIGUINHA SUBIU NO MEU BUMBUM
EU SACUDI, SACUDI, SACUDI
MAS A FORMIGUINHA NÃO PARAVA DE SUBIR

35- ROSA JUVENIL
A linda Rosa juvenil, juvenil, juvenil
A linda Rosa juvenil, juvenil
Vivia alegre no seu lar, no seu lar, no seu lar
Vivia alegre no seu lar, no seu lar
Um dia veio uma bruxa má, muito má, muito má
Um dia veio uma bruxa má, muito má
E adormeceu a Rosa assim, bem assim, bem assim
E adormeceu a Rosa assim, bem assim
E o tempo passou a correr, a correr, a correr
E o tempo passou a correr, a correr
O mato cresceu ao redor, ao redor, ao redor
E o mato cresceu ao redor, ao redor
Um dia veio um belo rei, belo rei, belo rei
Um dia veio um belo rei, belo rei
E despertou a Rosa assim, bem assim, bem assim
E despertou a Rosa assim, bem assim
E tudo ficou bem feliz, bem feliz, bem feliz
E tudo ficou bem feliz, bem feliz

36- CASINHA
Fui morar numa casinha- nha
Infestada- da de cupim- pim- pim
Saiu de lá- lá- lá
Uma lagartixa- xá
Olhou pra mim
Olhou pra mim e fez assim:
Smack! Smack

Fui morar numa casinha – nha
infestada-da de morceguinho-nho
saiu de lá – lá – lá
uma bruxinha – nha
olhou pra mim
olhou pra mim e fez assim
(dar uma gargalhada)

Fui morar numa casinha – nha
infeitada-da de florzinha – nha
saiu de lá – lá – lá
uma princesinha – nha
olhou pra mim
olhou pra mim e fez assim
(mandar beijinhos)

37- A GALINHA DO VIZINHO
A galinha do vizinho
Bota ovo amarelinho.
Bota um, bota dois, bota três,
Bota quatro, bota cinco, bota seis,
Bota sete, bota oito, bota nove,
Bota dez!

Brincadeira:
Com ela, a turminha vai aprender a contar
_ PARTICIPANTES: No mínimo dois.
_ ORGANIZAÇÃO Em roda.
_ COMO BRINCAR As crianças cantam a música e ao chegar ao número dez dão um pulo e se agacham.


38 – CACHORRINHO ESTÁ LATINDO
Cachorrinho está latindo
Lá no fundo do quintal.
Cala a boca, cachorrinho,
Deixa o meu benzinho entrar.
Ô esquindô lê, lê!
Ô esquindô lê, lê, lá, lá!
Ô esquindô lê, lê!
Não sou eu que caio lá!
Cachorrinho está latindo
Lá no fundo do quintal.
Cala a boca, cachorrinho,
Deixa o meu benzinho entrar.

Brincadeira:
Quem está no centro da roda pula num pé só. O resto bate palmas, desenvolvendo o ritmo
PARTICIPANTES: No mínimo três.
ORGANIZAÇÃO: Em roda com uma criança no centro.
COMO BRINCAR: A turma gira e canta. No verso “Ô esquindô lê, lê!”, as crianças batem palmas. A do centro escolhe um colega. Os dois cantam essa parte pulando ora com um pé, ora com outro. A criança do centro cede o seu lugar para a escolhida da roda e todos recomeçam.

39 – PASSA, PASSA, GAVIÃO
Passa, passa, Gavião,
Todo mundo passa.
Os carpinteiros fazem assim,
Os carpinteiros fazem assim,
Assim, assim,
Assim, assim.
Os cavaleiros fazem assim,
Os cavaleiros fazem assim,
Assim, assim,
Assim, assim.
Os sapateiros fazem assim,
Os sapateiros fazem assim,
Assim, assim,
Assim, assim.

Brincadeira:
PARTICIPANTES: No mínimo dois.
ORGANIZAÇÃO: Em roda.
COMO BRINCAR As crianças giram e cantam sempre imitando um ofício( sapateiro, carpinteiro).

40 – SENHORA DONA SANCHA
Senhora dona Sancha,
Coberta de ouro e prata,
Descubra seu rosto,
Queremos ver sua cara.
Que anjos são esses,
Que andam rodeando
De noite e de dia,
Padre-Nosso, Ave-Maria!
Somos filhos de um rei,
E netos do visconde
E o “seu” rei mandou dizer
Para todos se esconder.

 

A musicalização é basicamente um conjunto de práticas que visa ampliar os conhecimentos musicais da criança, porém esse é apenas o princípio de tudo. Musicalizar é diversão através da vivência sonora, é estimular as diversas capacidades dos pequenos, criando condições para que o aluno possa aprender com a música, além de sensibilizá-lo pelo gosto musical, refletindo e entendendo a música.

É importante ressaltar que a musicalização não busca ensinar às crianças o correto manuseio de um instrumento musical, mas sim criar um vínculo entre música e aluno. Com isso, essas atividades podem fazer parte de uma proposta pedagógica interdisciplinar na Educação Infantil, não precisando haver necessariamente uma disciplina exclusiva a essa prática. Para isso, é necessário um bom planejamento de aula, que potencialize e consiga proporcionar aos pequenos todos os benefícios que a música pode trazer

Na infância, as crianças precisam dos mais diversos estímulos para que possam desenvolver plenamente todas as suas capacidades e habilidades, sejam elas psicomotoras, socioafetivas, cognitivas ou linguísticas. Trabalhar com diferentes cores, texturas, aromas e sons é importante para sua a formação integral, além de facilitar o processo de aprendizagem e colaborar para o crescimento saudável dos pequenos.

O uso da música no processo de ensino-aprendizado também favorece o desenvolvimento de outras características importantes para a vida das crianças, principalmente na fase escolar, como sensibilidade, criatividade, ritmo, imaginação, memória e concentração. Além disso, contribui para a psicomotricidade das crianças, com a aquisição de consciência corporal e capacidade de controle rítmico do seu corpo.

A música pode ser também uma grande aliada na fase alfabetização dos pequenos. Por meio de atividades envolvendo canções infantis acompanhadas de gestos ao cantar, a criança exercita a fala e melhora a compreensão do significado de cada palavra, assimilando mais facilmente os símbolos e sons que compõem nosso alfabeto, além de melhorar a capacidade de aprendizado da Matemática.

Tipos de Atividade

Durante as aulas, há diferentes momentos e tipos de atividades que podem ser feitas para trabalhar as diversas facetas da musicalização. Geralmente, inicia-se com um momento de acolhida, com uma canção inicial, demonstrando para as crianças que a aula começou. Uma ou duas canções por semestre são o suficiente, até mesmo para que os pequenos já começam a aula cantando junto com você.

Um segundo momento pode ser utilizado para atividades rítmicas que promovam a socialização através de cantos folclóricos e danças de roda. Através da dança, as crianças desenvolvem aspectos como lateralidade, noção espacial e a interação com os colegas. Pode-se ainda trabalhar também com elementos como o andamento (rápido e devagar) e os diferentes ritmos das músicas.

Há ainda as atividades de fixação ou registro, em que as crianças vão trabalhar mais especificamente o aprendizado dos conhecimentos musicais, como os diferentes timbres ou nomes dos instrumentos. Jogos, brincadeiras e até mesmo folhinhas de atividades são bem-vindos como exercícios de fixação desses conceitos e como uma forma de avaliação por parte do professor.

Em um quarto momento, pode-se focar em atividades livres, com contação de histórias e brincadeiras. Os jogos e as brincadeiras trabalham propriedades do som, como altura, intensidade e timbre, enquanto as histórias podem explorar esses diferentes elementos musicais no jeito de falar dos diferentes personagens.

Por fim, há o momento do relaxamento, normalmente com uma música tranquila e que acalme as crianças, que devem estar bem agitadas com as atividades desenvolvidas até então. Do mesmo jeito que a aula começou com uma canção, o educador pode acabar a aula com um canto mais calmo e que mostre para os alunos que a aula chegou ao fim.
A música é uma das atividades mais estimulantes para o intelecto das crianças. A musicalização na Educação Infantil pode trazer muitos benefícios à sua formação. A música aguça os sentidos e ajuda no desenvolvimento integral dos pequenos, fazendo com que cresçam mais saudáveis, confiantes, autônomos e integrados ao grupo a que pertencem.

Como Começar

Uma ótima maneira de começar a ensinar música para as crianças é a partir de elementos e situações do nosso dia a dia, colocando-as em contato com os diferentes tipos de som e mostrando a elas como o mundo seria estranho sem os barulhos que nos cercam. Fazê-las imitar diferentes ruídos com a boca ou sons de objetos próximos faz com que elas se atentem mais ao mundo que as cerca, desenvolvendo desde cedo a sensibilidade para música.

Depois disso, podem ser realizadas aulas que trabalhem a percepção auditiva, com o uso de sons e ruídos da natureza, por exemplo. Esse processo pode ser otimizado ao escurecer a sala, apagando as luzes e fechando as cortinas, de modo que a concentração dos pequenos esteja totalmente voltada aos sons.

Em seguida, pode-se trabalhar aulas com livros sonoros com a introdução dos sons e dos nomes de diferentes instrumentos musicais para, a partir daí, começar a se trabalhar atividades com o manuseio dos instrumentos propriamente ditos, seus timbres e suas notas. Depois, pode-se partir para aulas que envolvam dança e canto, sempre acompanhados de gestos.

Como Funciona

A musicalização deve ser trabalhada de maneira lúdica, sem que nada seja imposto ou exigido. O importante é que a criança sinta prazer ao participar das aulas e, ao mesmo tempo, não as enxergue apenas como passatempo ou divertimento. É preciso que as aulas estejam condizentes com a realidade da instituição de ensino e seus alunos.

Uma boa aula de musicalização infantil ajuda os alunos não apenas a desenvolverem sensibilidade pela música, mas trabalhar noções de todas as nuances que a envolvem, como ritmo, harmonia, timbre, melodia e movimento. Mais do que o estudo de conceitos musicais, o educador deve ter em mente que as aulas de musicalização tem condições de desenvolver diversas capacidades e valores das crianças, como coordenação motora, socialização, cooperação, colaboração, liderança, etc.

 

 

Deixe um comentário