fbpx

Escrita para crianças com síndrome de Down: saiba como estimular! ✍️

Criança com síndrome de down
Avalie!
Educação Especial

Escrita para crianças com síndrome de Down pode parecer um pouco complicado no começo. Mas, vamos mostrar alguns métodos para você utilizar em sala de aula.

Como ensinar escrita para crianças com síndrome de Down?

As crianças com síndrome de Down têm dificuldades para escrever devido a hipotonia, ligamentos mais frouxos, e pouca força na mão.

Aplicando algumas técnicas é possível fazer com que esta criança seja capaz de escrever tanto com letra bastão como cursiva.

A escrita é importante para o portador de síndrome de Down, porque ela proporciona mais autonomia para a pessoa.

Para aperfeiçoar a prática, o educador pode fazer atividades ante e depois dos exercícios, para que a criança perca o medo de exercitar a escrita.

1. Antes de começar a ensinar a escrita

  • Utilize a areia do jardim da escola, para fazer letras grandes;
  • Peça para a criança fazer linhas e círculos com esponjas e pincéis utilizando um grande papel;
  • Coloque contas num fio, e inicie sempre por contas maiores e vá diminuindo a medida que a criança apresentar evolução;
  • Aproveite o lego e faça construções junto com a criança;

Este tipo de brincadeira, vai ajudando na locomoção motora da criança, e ela própria vai adquirindo o gosto pela escrita.

2. Após o aprendizado da escrita

  • Peça para que  a mesma possa desenhar linhas em labirintos de papel;
  • Ensine a criança aumentar a velocidade da escrita sem se preocupar com a beleza da letra, a medida que ela repetir o procedimento tende a melhorar;
  • Canetas com tintas que possam ser lavadas  é o mais indicado para crianças com síndrome de Down;
  • Deixe que a criança encontre seu próprio jeito para escrever, algumas colocam o lápis na boca ou apoiam a mão;

Pessoas com deficiência, principalmente as que têm síndrome de Down encontram na sociedade um apoio para se desenvolver e a escrita é a fase mais importante.

Como lidar com os movimentos no momento da escrita?

Para que a criança possa aproveitar melhor o aprendizado, o educador deve deixar que ela se movimente sem se preocupar tanto com a perfeição do resultado.

É fundamental ensinar a tracejar linhas seguindo pontinhos com o lápis, assim a criança já vai entendendo que escrever não é o mesmo que desenhar.

Ao movimentar-se a legibilidade e fluência da escrita aparece com o tempo, repetir os movimentos também ajuda no aprendizado.

Há outros recursos para ensinar?

Quando ensinamos crianças com síndrome de Down, sempre há outras formas de ensinar, veja a seguir outras formas para você aplicar:

  1. Letras cortadas de revistas;
  2. Letras de plástico;
  3. Letras adesivas;
  4. Letra de massinha;

É possível entreter as crianças e ao mesmo tempo educá-las, crianças com síndrome de Down têm dificuldades de aprendizado sim, mas com dedicação elas conseguem absorver o conteúdo.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.