fbpx
Skip to main content

Atualizado em 24/01/2022

Educação inovadora: o que é e como aplicar 🟢

Em um contexto de desenvolvimento das novas gerações e transformações sociais, a educação passa por um processo de repensar determinadas metodologias e abordagens de ensino. Nessa realidade, tem ganhado espaço o conceito de educação inovadora. Entenda um pouco mais sobre como ela funciona e como pode ser aplicada.

Educação Inovadora

Diante das dificuldades enfrentadas pelo ensino tradicional para acompanhar o processo de desenvolvimento das novas gerações, cada vez mais atraídas por novos estímulos e tecnologias, se faz necessário repensar os modelos de educação já estabelecidos.

É nesse contexto que muitos educadores estão buscando ferramentas de ensino capazes de adequar a realidade da sala de aula ao novo mundo tecnológico e conectado, formando alunos com as habilidades necessárias para os novos tempos.

E no debate sobre quais as metodologias de ensino são mais viáveis e favoráveis para a realidade do século XXI, tem ganhado força o conceito de educação inovadora.

Mas o que vem a ser educação inovadora? Em que consiste esse conceito? Como ele pode ser aplicado no ensino?

Entenda mais a seguir.

O que é educação inovadora?

Quando se fala de inovação, se fala da ideia de mudança, de transformação. Além disso, a inovação tem relação com algo que seja viável e que cause um impacto significativo nos atores envolvidos no processo.

O conceito de inovação, portanto, pode ser compreendido e reproduzido em qualquer segmento da vida em sociedade, inclusive na educação.

Mas é importante compreender que inovar não significa simplesmente implementar novas tecnologias em um ambiente, modernizando o espaço e suas operações.

Sob o ponto de vista do ensino, uma educação inovadora é aquela que se propõe a promover mudanças nos rumos do processo de ensino e aprendizagem.

Para isso, algumas pesquisas da área de educação trabalham com quatro eixos centrais, que norteiam uma educação inovadora: o foco no conhecimento integrador e inovador, o foco no desenvolvimento da autoestima, o foco na formação do aluno-empreendedor e o foco na formação do aluno-cidadão.

Uma educação inovadora só seria entendida como tal se levar todos esses aspectos em consideração na elaboração de suas metodologias.

O que torna uma educação inovadora?

Uma educação se torna inovadora quando passa a adotar, em seus ambientes de ensino, metodologias e abordagens que foquem em métodos ativos. Ou seja, que coloquem os estudantes em movimento durante os seus processos de aprendizagem.

Como dito, embora a tecnologia não possa ser utilizada como o único recurso de inovação do ensino, ela deve sim ser incorporada com operacionalidade e racionalidade na rotina escolar dos jovens, sempre na perspectiva de torná-los protagonistas desse processo.

A educação inovadora também passa pela integração de disciplinas, permitindo o envolvimento de conhecimentos inter-relacionados entre diversas disciplinas.

Além de desenvolver mecanismos de favorecimento e incentivo do protagonismo estudantil, possibilitando que os alunos participem de forma ativa de todo o processo de ensino-aprendizagem, sendo produtores do saber, a instituição de ensino precisa estar comprometida com a pauta da educação inovadora.

O ideal é que ela esteja alinhada às abordagens da família do estudante no que diz respeito à preparação cidadã desse jovem para os desafios do mundo atual.

Como aplicar a educação inovadora?

Além do foco no protagonismo dos alunos, um dos pontos primordiais da educação inovadora, uma instituição de ensino que preza pela inovação da sua aprendizagem deve investir em práticas pedagógicas inclusivas.

A educação inclusiva é entendida como uma prática essencial de uma escola inovadora, na medida em que assegura o acesso pleno ao ensino a qualquer aluno.

Também é indispensável em uma educação inovadora que as competências socioemocionais dos estudantes sejam trabalhadas em todas as etapas da educação básica.

O trabalho dessas competências permite que diversos aspectos sociais e de convivência sejam explorados desde cedo, possibilitando o desenvolvimento do caráter e de valiosas habilidades relacionais de um ser humano.

2 respostas para “Educação inovadora: o que é e como aplicar 🟢”

Não se preocupe, seu email ficará sem sigilo.