fbpx

DICA: CONFECCIONANDO BRINQUEDOS

Leia livros sobre este assunto

Indicado por André Luís Ferreira de Oliveira( graduado em Pedagogia e especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional)

CONFECCIONANDO UM PIÃO

Objetivo: desenvolver a destreza, as habilidades manuais e o prazer em confeccionar um brinquedo.
Material: folhas de revista “Veja”, cola e palitos de churrasco.

Num primeiro momento, o mediador entrega às crianças 2 folhas duplas de revista. As crianças colocam a primeira folha sobre a superfície da carteira e começam a enrolar a mesma na diagonal (foto 1), para depois colar a ponta, fechando assim o rolo que não pode ser nem muito fino, nem muito grosso. O procedimento é o mesmo com a segunda folha.

O próximo passo é: com os 2 “rolos” sobre a mesa, deslizar as mãos sobre eles com firmeza e, ao mesmo tempo, com cuidado para não rasgá-los, fazendo assim o que chamamos de vinco. Eles ficarão parecendo uma pequena gravata.

É chegada a hora do mediador entregar os palitos para as crianças, ou até mesmo ajudar as mesmas, visto que esta etapa exige uma destreza que, possivelmente algumas crianças não apresentarão. Mede-se o palito a partir da parte afiada, contando de dois a três dedos, onde colaremos os dois rolos, um de cada vez, ao redor do palito, folha sobre folha, assemelhando-se à famosa “língua de sogra” distribuída nas festas de aniversário.

Depois, é só esperar a cola secar e rodar o pião utilizando as mãos, como se as esfregassem e fazer o “teste drive”.

RODOPIANDO NA POESIA

Objetivo: atenuar ansiedades e criar um clima propício para as leituras individuais que virão a seguir, e destreza.
Material: uma pista de “blay blade” ou um invólucro de pizza onde serão coladas com papel contact transparente, trechos de poesias xerocados (do livro que está sendo trabalhado) formando desta forma uma espécie de mosaico.

O mediador organiza um círculo com as crianças sentadas e as chama, uma de cada vez, para ir ao centro da roda, onde estará a “pista” para que possam girar o seu pião sobre a mesma. Quando o pião parar, a criança deverá verificar, em que poesia a parte de cima do pião parou.
Neste momento todos ficarão em silêncio para ouvir a leitura do amigo. A brincadeira termina depois de todos terem “rodopiado” seus piões na poesia.

FOTOS:



Biografia:

André Luís Ferreira de Oliveira nasceu em Ribeirão Preto, no ano de 1964, fez graduação em Pedagogia e especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional. Iniciou como recreacionista em 1983, no Colégio Pequeno Príncipe de Ribeirão Preto. Viveu ainda várias experiências como educador:

Fundou a Escola Calidoscópio (Ribeirão Preto) atuando durante 10 anos como diretor da Educação Infantil. Em Campinas foi instrutor Pedagógico na Fundação Síndrome de Down. Na UNIFRAN (Universidade de Franca) exerceu durante 4 anos a função docente nos cursos de Pedagogia e Fonoaudiologia.

No ano de 2000, retornou ao Colégio Pequeno Príncipe, onde atua como psicopedagogo, desenvolvendo projetos de JOGOS CORPORAIS e atividades ligadas à ENTONAÇÃO E FLUÊNCIA NA LEITURA E ESCRITA. Ministra cursos e oficinas para professores, além de oferecer atendimento psicopedagógico para crianças.

Em 2007, participou como coordenador e criador pedagógico do JOGO DA ACESSIBILIDADE, NOS CURSOS DE ARQUITETURA E URBANISMO – uma realização do MINISTÉRIO DAS CIDADES – MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO – ABEA, Brasília, 2007.

Contato [email protected]

Retirado do site http://www.andreoliveiralivros.com.br

O que você achou do texto acima? Gostou? Acha que pode ser útil pra mais alguém?

Se sim, eu gostaria de te pedir encarecidamente que compartilhasse, além de transmitir a informação, você ajuda no crescimento do nosso site! 😘

Kit Acelera ABC

Comentários

É muito importante saber a sua opinião. Adoramos quando você comenta, pois assim sabemos quais os rumos que devemos seguir através dos nossos artigos. Tudo o que você sugere ou comenta é avaliado para somar ao conteúdo que desenvolvemos.

Deixe uma opinião sobre o que achou do texto acima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saiu artigo novo! em 24/05/2020
Cartilha Infantil Cartilhas: das Cartas aos Livros de Alfabetização