fbpx

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA: COLETÂNEA DE ESTUDOS DE CASOS

Leia livros sobre este assunto

COORDENAÇÃO PEDAGOGICAREVISTA ELETRÔNICA

Apresentação
A empolgação dos nossos alunos com o lançamento da 1ª edição da Revista Eletrônica
Coordenação Pedagógica: Coletânea de Estudos de Casos nos motivou a trabalhar neste
segundo semestre para construirmos a 2ª edição. É ela que colocamos nas suas mãos e na
sua tela. O objetivo da revista é publicar os artigos produzidos pelos alunos dos Cursos de
Pedagogia com Ênfase em Necessidades Educacionais Especiais e em Ensino Religioso, da
PUC Minas, a partir dos estudos de caso analisados no Estágio Supervisionado de Supervisão Educacional.
No dia-a-dia do nosso trabalho, como pedagogos, somos desafiados com problemas das
mais diversas ordens – da indisciplina às dificuldades de aprendizagem. E não podemos
ignorar o que acontece com os nossos alunos.
Se existe problema, existe a necessidade de conhecê-lo e compreendê-lo para que possamos promover alguma forma de intervenção. Afinal, superar as situações que comprometem
o desenvolvimento dos nossos alunos deve ser sempre o objetivo do educador, o compromisso do professor e do pedagogo.
Para isso, nós, pedagogos, recorremos ao estudo de caso, para fazermos um diagnóstico
do problema, conhecermos seu alcance e suas implicações e sugerirmos intervenções – de
curto, médio e longo prazo – que possam resultar em benefício para os nossos alunos.
Entre as nossas atividades de estágio, trabalhamos o estudo de caso, estudamos e relatamos um estudo de caso realizado pelas escolas, observando os passos para a sua elaboração. Às vezes, é difícil a realização da tarefa. Em muitas escolas, não se formaliza um
estudo de caso. As informações estão na memória dos coordenadores e surgem por meio de
depoimentos orais. Recolhemos as peças, como se fosse para montar um quebra-cabeça. Aí
fica a questão: ao estagiário não se dá a oportunidade de ver e vivenciar a prática do estudo
de caso, do trabalho com os problemas que interferem no desempenho escolar de nossos
alunos e nas suas relações. Como será quando esse estagiário for o profissional? Será que
só a literatura, a teoria, dará a ele condições de realizar uma prática eficaz?
Apesar das dificuldades, como na edição anterior, muita coisa boa se conseguiu. Insistindo, “incomodando” os coordenadores, muitas histórias foram levantadas. E, a partir
desses relatos e depoimentos, nossos estagiários conseguiram reconstituir os casos e fazer
os seus relatórios, expressos nos artigos que compõem esta 2ª edição da revista.
Prof. Sérgio de Freitas Oliveira1
Curso de Pedagogia • ICH • PUC Mina

BAIXAR EM PDF

REVISTA ELETRÔNICA

Fonte:pucminas.br

O que você achou do texto acima? Gostou? Acha que pode ser útil pra mais alguém?

Se sim, eu gostaria de te pedir encarecidamente que compartilhasse, além de transmitir a informação, você ajuda no crescimento do nosso site! 😘

Kit Acelera ABC

Comentários

É muito importante saber a sua opinião. Adoramos quando você comenta, pois assim sabemos quais os rumos que devemos seguir através dos nossos artigos. Tudo o que você sugere ou comenta é avaliado para somar ao conteúdo que desenvolvemos.

Deixe uma opinião sobre o que achou do texto acima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saiu artigo novo! em 24/05/2020
Cartilha Infantil Cartilhas: das Cartas aos Livros de Alfabetização