fbpx

Atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental

Atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental

As atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental, trazem a consciência histórica de um povo que sofreu por anos de escravidão de maneira cruel, de uma forma que perdessem seus direitos como seres humanos e tratados com desigualdade. 

Os alunos devem aprender através de atividades a compreender melhor a importância do Dia da Consciência Negra no Brasil e o porquê de se estudar sobre tal tema tão antigo, mas que permanece atual.

Por que trabalhar com atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental?

O porquê de trabalhar com atividades sobre o dia da consciência negra para o ensino fundamental, se dá pelo fato de trazer a conscientização e informações sobre a colaboração desse povo para com a história do Brasil tanto por aspectos políticos quanto gastronômicos e sociais.

Atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental (2)
Fonte/Reprodução: original

Desta maneira, trabalhar com atividades sobre o dia da consciência negra fará os alunos entrarem em uma grande reflexão acerca deste tema importante que precisa ser trabalhado em sala de aula. É importante que haja compreensão por parte de cada aluno sobre os ocorridos durante a época da escravidão no Brasil e os níveis de gravidade ao passar dos anos.

Como trabalhar com atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental?

Trabalhe a música, dança e jogos que possuam origem exclusivamente africana, no caso da capoeira, que é um esporte praticado no Brasil trazido da África e se complementou em nossa cultura ao longo dos anos. 

Os professores podem se reunir para poderem planejar feiras, eventos ou algumas apresentações culturais que expliquem melhor este tema, de modo que aproveite a hipótese de incluir famílias e toda a comunidade do âmbito escolar.

Atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental (3)
Fonte/Reprodução: original

Neste caso, o professor responsável pela turma ainda poderá trazer a história da África por meio de livros de autores específicos da cultura negra, no caso de Pepetela, Ondjaki e Naguia Mahfouz. Pode-se pedir aos alunos para realizarem pesquisas sobre o tema e procurem abordar especificamente sobre cientistas, artistas ou músicos africanos que colaboraram para com a cultura do país.

Lista de atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental

As atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental podem ser discutidas em sala de aula em formato de debate, por exemplo, ou simplesmente com uma pesquisa através da internet com documentários que retratam melhor os ocorridos de 1500 em diante. 

É possível explicar sobre a culinária da cultura africana que permeia as regiões do nordeste, com pratos típicos e deliciosos, no caso do Acarajé ou Feijoada, que remetem aos períodos vividos dos escravos com os senhorios. O professor pode propor uma aula na qual cada aluno traz um prato de cultura africana feito em casa, com ajuda dos pais, porque haverá dessa maneira um entendimento melhor sobre o assunto.

Leitura do livro O Trato dos Viventes

Especificamente neste livro, torna-se indicado trabalhar com atividades sobre consciência negra para ensino fundamental, porque dessa maneira os alunos compreenderão melhor sobre a colonização portuguesas que conseguiu criar espaços econômicos através de uma zona escravista, que se centrava no país de Angola.

A partir da leitura do livro escrito por Luiz Felipe de Alencastro, o professor deverá solicitar aos alunos que redijam um texto de 30 linhas no máximo, para conseguirem demonstrar ter compreendido o tema abordado no livro, o qual deverá ser feito com as próprias palavras de cada aluno. 

Documentário: A Rota do Escravo

Será possível trabalhar com atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental, através do documentário A Rota do Escravo, que está disponível no YouTube e conta sobre o comércio de seres humanos narrado por vozes de escravos, dos mestres e daqueles que comercializavam os escravos. 

É interessante compreender e interpretar cada parte do documentário, que menciona a deportação tanto de mulheres quanto de homens para serem enviados às plantações e outros trabalhos até chegar o momento de conseguirem a abolição.

Este documentário teve a produção realizada diretamente pela Organização das Nações Unidas (ONU). Portanto, o aluno deve assistir e realizar algumas anotações que achar interessante porque em um momento posterior, o professor deverá realizar debates sobre a escravidão e abolição desta. 

Esta atividade deverá ser feita sem brigas, pois cada um deverá ter o direito de opinar, ouvir, aprender e compreender o ponto de vista de cada colega em sala de aula. O debate saudável gera um entendimento completo de informações sobre perspectivas diferentes, as quais o professor deverá trabalhar em cima ao analisar cada aluno no momento do debate.

A Lenda de Baobá

Para as atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental, o professor poderá trabalhar com as lendas sobre a árvore nativa da África, conhecida pelo nome de Baobá, de gênero Adansonia. Com base nestas informações, o professor deverá contar sobre as lendas que circundam Baobá, que possuem origem africana.

 Através da leitura das lendas, os alunos deverão realizar a produção de uma lenda diferente de ambas mostradas pelo professor. Esta atividade é indicada para trabalhar com a criatividade e imaginação dos alunos, principalmente pela informação do tronco de Baobá diferir-se de todos os outros vistos pelo mundo e pode chegar a cerca de 9 metros de diâmetro a 30 metros de altura. 

Exposição

O professor deverá formar grupos que deverão realizar a construção de cartazes, maquetes, pinturas africanas, leitura de lendas típicas da África, demonstração das vestimentas do povo africano, bem como a culinária do país que trouxeram ao Brasil na época da escravidão e os esportes que costumam ser praticados pelos cidadãos.

É importante que os alunos consigam realizar as atividades propostas para a exposição que deverá ser montada antes do dia 20 de novembro e a escola será aberta à visitação dos pais de alunos, de modo que observem os trabalhos realizados durante todo o mês de novembro.

Haverá uma conscientização maior, melhor entendimento sobre toda a cultura africana e a importância de incentivar o respeito entre etnias. Os professores em conjunto dos alunos devem salientar que o respeito gera respeito, e todos o merecem independente de raça, nacionalidade ou qualquer diferença. 

Roda de leitura para ler a criação de lendas

Uma das atividades sobre consciência negra para ensino fundamental que se torna interessante trabalhar, seria a roda de leitura em conjunto dos alunos que farão a leitura de algumas lendas típicas africanas. Tal roda será feita através da criação de histórias com relação às lendas da atividade de Baobá, além de outros temas propostos pelo professor.

As principais histórias que podem ser trabalhadas para a criação de novas lendas inspiradas nas originais, se dão pelo Sapo e a Cobra, lenda dos Tambores Africanos, lenda da Galinha D’Angola, Girafa e o Rinoceronte, Ubuntu e a lenda da Raposa e o Camelo. O professor deverá apresentar cada história para que os alunos escolham uma, de modo que possam realizar a produção na sala de aula.

Por fim, as atividades sobre consciência negra para o ensino fundamental são importantes de serem abordadas com os alunos, pois será possível dessa maneira conscientizá-los sobre os problemas sofridos durante muito tempo pelo povo africano trazido de maneira forçada ao Brasil. 

Cada atividade será feita para gerar um melhor entendimento, dessa forma, os próprios alunos repassarão tal conhecimento aos amigos e familiares, algo muito importante nos tempos atuais.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *