RESENHA: COMO MOTIVAR PESSOAS


Anúncio

Como Motivar Pessoas

Iain Maitland, Como Motivar Pessoas, Você SA, Editora Nobel, 64 paginas.

Resenha

Segundo o autor, a obra trata da idéia de que as pessoas precisam de motivação, e analisando todo texto que trata da parte teórica de três estudiosos diferentes, o psicólogo Maslow que fala sobre a motivação em grupo, ou seja, em equipe; Herzberg que dispõe sobre os fatores de higiene, desafios, responsabilidades por desejos realizados e ser reconhecido pelos desempenhos prestados com possibilidades de promoções, transferências, mudanças de cargos entre outros e Vroom que traz a teoria de desejos individuais e expectativa de alcança-los.

O autor afirma que, um bom líder è uma pessoa que motiva e coordena sua equipe, com eficácia, habilidade seja em grupo ou sozinho com metas exigidas a serem alcançadas, pois, existem varias etapas dentro de uma equipe sendo de departamentos, pessoais, curto, médio e longo prazo, seguindo sempre este grupo pelo mesmo caminho, com o mesmo ideal desejado.

Uma equipe informada e envolvida estará sempre trabalhando melhor, e os bons lideres demonstram comprometimento, se esforçando a fim de superar profissionalmente e monetariamente com capacidade e muito desempenho, com muito senso de justiça, agindo de moda justo onde for devido, corrigindo na ocasião certa encorajando e elogiando quem se faz por merecer.

Todos os lideres bem sucedidos deverão exercer auto disciplina e coragem moral, mostrando interesse pelos funcionários, sendo que os melhores lideres soa leais à equipe demonstrando confiança e auto-estima, dando sinais de apoio aos colegas em vez de critica-los.

É elucido pelo autor que, o trabalho em equipe è de muita importância para se ter um grupo de sucesso, pois è trabalhando em conjunto, que se busca e chega ao êxito, pois equipes de sucesso trabalham juntas e atingem metas, havendo sempre a união através da ação coletiva, criando a própria estrutura onde seus componentes exercem papeis diferentes e diversos, cooperando uns com os outros na realização do trabalho orientando e direcionando quando se faz necessário.

Mas se as equipes de sucessos forem pequenas, as tarefas são bem divididas de forma justa, com idéias e soluções mais rápidas.

Todos os membros da sua equipe não são iguais, de gosto e personalidades diferentes em constante mudança. È muito importante que se conheça os funcionários individualmente, sem que sejam generalizados, sempre tendo aquele que se destaca como o pensador que é cheio de idéias e sugestões, o organizador que è atento a todos os detalhes e o realizador que è sempre uma pessoa de ação, que literalmente põe a mão na massa, o que veste a camisa sendo ela uma pessoa preocupada, leal e amiga, o controlador sendo ele escrupuloso e meticuloso, o analisador é aquele isolado da equipe e muito distante analisando as idéias e sugestões de modo cuidadoso.

O autor mostra que, aprimorar, é a grande satisfação do funcionário no âmbito do trabalho, tendo eles atribuições e conseqüências, pois cada individuo quer desfrutar o trabalho que realiza, com enorme satisfação que depende muito deste funcionário se irá encontrar vantagens neste trabalho a qual se encontra, querendo também segurança, pois assim, terão que apresentar altos índices de desempenho e produtividade e a perspectiva é o funcionário que quer comparecer, fazer um serviço simples sem muita responsabilidade e por outro lado tem aquele que toma as tarefas mais difíceis, sendo este motivado a receber promoções, transferências, caso não haja estas perspectivas, é bem provável que ele se sinta desmotivado procurando outro trabalho que atenda seus desejos e necessidades.

Avaliando os funcionários em separado, vemos as expectativas pessoais de cada um, em relação ao conteúdo, à segurança e perspectivas do trabalho, falando individualmente com eles e procurando saber se tem esperanças dentro do mercado de trabalho, ou se eles gostam de estar ali naquele setor ou estão ali pelo dinheiro. E dentro de outra etapa vemos até que ponto o serviço estará adequado às expectativas dos funcionários, levando em conta o local e objetivos a quem ele se reporta, sendo essencial que cada serviço seja colocado em um contexto tanto em relação a outros quanto em ralação à empresa, e tendo novos planejamentos, novos produtos e novo mercado avaliando impactos.

Toda Empresa com uma equipe muito volumosa, são realizadas várias tarefas a fim de que, seja variado seu setor passando ora para o balcão, ora para o deposito,ora para o caixa, tendo o beneficio que evita o tédio e a frustração de sempre exercer o mesmo cargo e juntamente se tem também o maior obstáculo que as pessoas não consigam realizar de forma satisfatória nenhuma das funções obtidas.

De acordo com o autor, o incentivo e o auto-aperfeiçoamento terão que ser desenvolvido dentro da empresa, sendo direcionado e de maneira a motivar e deixar o grupo satisfeito, pois, a maioria dos funcionários tem conhecimento das áreas de seu desempenho que precisam ser melhoradas em desenvolvimento e criatividade, caso os funcionários precise aprimorar-se e lidar com novas tarefas e novos deveres.

Os funcionários cientes das suas áreas para um possível aprimoramento, faz com que a equipe se auto–avalie para que no futuro a empresa não tenha problemas, pois, toda empresa também terá que estabelecer um plano de ação vendo o que deve ser feito de modo a permitir seu aprimoramento.

Treinamento do quadro dos funcionários – necessidade de treinamento como conversas informais, reuniões com todo grupo, havendo assim, vários métodos de treinamento dentro do trabalho no âmbito da empresa, fora do trabalho havendo grupos de treinamento por especialistas da empresa ou fora, feitos como convenções, ou a aprendizagem à distancia que é um método popular, sendo os cursos por correspondências.

A avaliação dos funcionários será sempre feita por uma entrevista, pois é avaliado o antes , o durante, e o depois desta entrevista.

O autor elucida que, a remuneração é um beneficio financeiro que motiva o funcionário dentro da empresa, sendo mais provável que o dinheiro se apresente como fator potencial de desmotivacao, pois, certamente o nível de remuneração é importante, pois se o valor for muito baixo, o funcionário com certeza não fará nada alem do mínimo necessário, e ate mesmo deixarão o expediente o mais cedo que puderem.

Cada funcionário tem um valor, e cada um sonha em ter justo salário, pois, cada funcionário tem uma idéia sobre qual é o seu valor, se baseando em suas habilidades, conhecimentos e experiências.

Há vários sistemas de remuneração, sendo eles por funções que este quadro de funcionários recebe por tarefas executadas não importando o numero de horas trabalhadas, nem o ritmo ou a produtividade dos funcionários, mas sendo pagos de qualquer modo-, por horas trabalhadas, sendo que a equipe recebe de acordo com o numero de horas e dias, semanal ou mensalmente, sem ter uma real motivação dos funcionários a produzirem mais ou a se aprimorarem-, por produção, é um grande beneficio , pois serve de incentivo aos funcionários para que trabalhem com mais desempenho, recebendo assim por produção efetuada, se tratando da quantidade de serviço que foi executado.

Analisando os benefícios adicionais, veremos – Os descontos, a ajuda financeira, licença remunerada, adicional de insalubridade, planos de seguro saúde, previdência, entre outros.

Segundo as afirmações do autor, as condições seguras do trabalho, tem por obrigação legal, fornecer um bom lugar de trabalho onde os funcionários possam trabalhar com segurança, sem riscos de acidentes ou doenças causadas por locais mal arejados. Para ter um bom ambiente de trabalho é importante que as instalações apresentem as condições mínimas de segurança, que engloba saúde física, mental, social e espiritual.

Crítica

O autor não faz conclusões na obra, somente mostra as maneiras de como motivar pessoas, dentro de uma organização.

Serviu de embasamento as três teorias, de Maslow, Herzberg e Vroom, onde faz seus conceitos partindo desses modelos teóricos.

Quanto a minha opinião, o autor Iain Maitland, escreveu sua obra de maneira clara e concisa, mostrando para os leitores com clareza, as melhores alternativas, quando falamos de motivação, para que pessoas dentro de uma organização trabalhem motivadas, satisfeitas e com vontade de progredir sempre, quanto pessoalmente e na empresa, proporcionando um ambiente de trabalho feliz, saudável, pois se tratando de relações em grupo, em uma organização, o estado físico e emocional, são contagiantes. Como aponta no último capítulo, chamando muito a minha atenção, dentro do meu ponto de vista, quando ele diz que, as condições seguras do trabalho, tem por obrigação legal, fornecer um bom lugar de trabalho onde os funcionários possam trabalhar com segurança, sem riscos de acidentes ou doenças causadas por locais mal arejados. Para ter um bom ambiente de trabalho é importante que as instalações apresentem as condições mínimas de segurança, que engloba saúde física, mental, social e espiritual.

Anúncio

Autor:  Juliana Palma Gonçalves

Carregando comentários...

Assine nossa Newsletter

Assine nossa newsletter
e fique antenado sobre tudo o que acontece no Pedagogia ao Pé da Letra


Quero Assinar Agora Mesmo!