OS RATOS NÃO TOMAM PROZAC


Anúncio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncio

Pensando direitinho, nunca poderia mesmo ter sido um sujeito de bem, e pensava isto enquanto enfiava um toco tosco – parte de uma geringonça chamada à época pau-de-arara – rabo adentro do outro, relembrando também naquele mesmo instante que desde menino gostava mesmo era de brincar roçando com uma vareta de piaçava fina os dentro da coluna vertebral de uma rã – depois de decepado e devidamente escalpelado o bicho.

[button link=”http://pedagogiaaopedaletra.com/wp-content/uploads/2011/06/5415658-OS-RATOS-NAO-TOMAM-PROZAC.pdf” type=”icon” newwindow=”yes”] Baixar em PDF[/button]

 

Carregando comentários...

Assine nossa Newsletter

Assine nossa newsletter
e fique antenado sobre tudo o que acontece no Pedagogia ao Pé da Letra


Quero Assinar Agora Mesmo!