HISTÓRIA – O RATO DO CAMPO E O RATO DA CIDADE

Pesquise na caixa abaixo.

Custom Search


AGUARDE O CARREGAMENTO COMPLETO

E

SALVE ESTA MATÉRIA

carregando

Fábula de Esopo

Um rato do campo tinha por amigo um outro da cidade, e o convidou para que fosse comer na campanha. Mas como só podia oferecer-lhe trigo e ervas, o rato da cidade lhe disse:

- Sabes amigo, que levas uma vida de formiga? Por minha vez, possuo bens em abundância. Vem comigo e a tua disposição os terás.

Partiram ambos para a cidade. Mostrou o rato da cidade a seu amigo trigo e legumes, figos e queijo, frutas e mel. Maravilhado, o rato do campo bendizia seu amigo de todo o coração e renegava sua má sorte. Enquanto assim se divertiam, um homem de repente abriu a porta. Espantados pelo ruído os dois ratos se lançaram temerosos a um buraco. Voltaram logo a buscar figos secos, porém outra pessoa entrou no lugar e, ao vê-la, os dois se precipitaram novamente atrás de um toco para se esconder. Então o rato do campo, esquecendo de sua fome, suspirou e disse ao rato da cidade:

- Adeus, amigo, vejo que comes até te fartar e que estás muito satisfeito; porém, é a preço de mil perigos e constantes temores. Eu, por minha vez, sou um pobretão e vivo mordiscando a cevada e o trigo, mas sem ter que fugir nem ter temores sobre nada.

MORAL: É tua a decisão de escolher dispor de certos luxos e vantagens que sempre vão unidos a sustos e dificuldades, ou viver um pouco mais austeramente, mas com serenidade.

Texto e atividades interdisciplinares

O rato do campo e o rato da cidade
rato

“Era uma vez um rato que morava na cidade que foi visitar um primo que vivia no campo.” O rato do campo era um pouco arrogante, mas gostava muito do primo e recebeu-o com muita satisfação. Ofereceu-lhe o que tinha de melhor: feijão, toucinho, pão e queijo. O rato da cidade torceu o nariz e disse:- Não posso entender primo, como consegues viver com estes pobres alimentos. Naturalmente, aqui no campo, é difícil obter coisa melhor. Vem comigo e eu te mostrarei como se vive na cidade. Depois que passares lá uma semana ficarás admirado de ter suportado a vida no campo.

Os dois puseram-se, então, a caminho. já era noite quando chegaram à casa do rato da cidade. – Certamente que gostarás de tomar um refresco, após esta caminhada, disse ele polidamente ao primo. Conduziu-o até à sala de jantar, onde encontraram os restos de uma grande festa. Puseram-se a comer geleias e bolos deliciosos. De repente, ouviram rosnados e latidos. – O que é isto? Perguntou assustado, o rato do campo. – São, simplesmente, os cães da casa, respondeu o da cidade. – Simplesmente? Não gosto desta música, durante o meu jantar.             

Neste momento, a porta abriu-se e apareceram dois enormes cães. Os ratos tiveram que fugir a toda pressa. – Adeus, primo, disse o rato do campo. Vou voltar para minha casa no campo. – Já vais tão cedo? Perguntou o da cidade. – Sim, já vou e não pretendo voltar, concluiu o primeiro.

Moral da história:

Mais vale uma vida modesta com paz e sossego que todo o luxo do mundo com perigos e preocupações.

Fábula de Esopo


História

4.1)Sobre o surgimento das primeiras cidades brasileiras, marque com um X as alternativas que melhor completam as frases a seguir.

  1. As primeiras cidades brasileiras foram fundadas no

( ) litoral.

( ) interior.

( ) sul.

  1. A primeira cidade brasileira foi

( ) Rio de Janeiro.

( ) Salvador.

( ) Brasília.

  1. O centro de toda cidade brasileira era

( ) uma igreja.

( ) uma praça.

( ) uma avenida.

4.2) Complete as frases abaixo com as palavras:

OURO – ENTRADAS – GOVERNO -  MINERAÇÃO – GADO – BANDEIRAS – PEDRAS PRECIOSAS

a)  As expedições para explorar o interior receberam os nomes de ___________________ e _______________.

b)  As entradas eram expedições organizadas pelo __________________.

c)  Com a descoberta das minas de ______________ e ___________________________ surgiu uma nova atividade econômica: a ___________________________.

d)  A criação de ________________ também contribuiu para a expansão territorial do Brasil.

4.4)  Com a falta de mão- de- obra indígena, os Senhores do engenho , optaram por escravizar as pessoas de outro continente.

a) De qual continente vieram os escravos negros?

_____________________________________________

b) Como era chamado o navio que eles viajavam?

_____________________________________________

4.5) Observe o gráfico e responda:

a) Em qual século foi trazido o maior número de africanos para o Brasil?

         _________________________________________

  1. Aproximadamente, quantos escravos africanos foram trazidos para o Brasil entre os séculos XVI e XIX?

 
       __________________________________________


Leia toda a avaliação antes de entregar e lembre-se que você estudou e revisou todo o conteúdo apresentado na prova.

Fonte: Avaliação elaborada pela professora Margarete

Fonte: www.atividadesparacolorir.com.br

SALVE ESTA MATÉRIA!

Deixe uma resposta